Mato Grosso, Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PEDÁGIOS

Pedágios começam a ser cobrados em 2015. Serviços de atendimento aos usuários inicia neste mês

Marcia Jordan

04/09/2014 às 09:42

Pedágios começam a ser cobrados em 2015. Serviços de atendimento aos usuários inicia neste mês

A cobrança de pedágio na BR-163, nos cerca de 850 quilômetros entre a divisa com Mato Grosso do Sul e Sinop, deve iniciar no segundo semestre de 2015. Para que a cobrança seja iniciada a Rota do Oeste, concessionária da Odebrecht TransPort, vencedora da concessão do trecho, precisa estar com 10% ou 45 quilômetros da duplicação pronta. Os serviços de atendimento aos usuários começam no próximo dia 20.

A Rota do Oeste já está com obras nos três trechos considerados críticos por ela e por quem depende da BR-163. A duplicação de 22,9 quilômetros entre o trevo de acesso de Rondonópolis e o Terminal de Cargas da ALL teve início em junho e, segundo a concessionária, já foram realizadas a supressão vegetal de 22,6 quilômetros, a terraplanagem de 12,8 quilômetros e a construção da sub-base em 2,4 quilômetros.

Ainda de acordo com a concessionária, a recuperação dos 80 quilômetros entre o Posto Gil e Nova Mutum já conta com 13 quilômetros de fresagem (retirada da camada asfáltica) e recomposição. As estimativas da Rota do Oeste é que o trecho seja concluído em novembro. O mesmo período está previsto para os trabalhos de recuperação dos cerca de 28 quilômetros da Rodovia dos Imigrantes, cujas obras de recuperação iniciaram em agosto.

“Os desafios para transformar a BR-163 em uma rodovia segura e confortável são muitos. Devido ao grande fluxo de veículos e muitos anos sem ampliar a sua capacidade de tráfego, BR-163 possui muitos pontos delicados com relação a sua estrutura. Porém, todas as adversidades foram identificadas nos estudos de viabilidade e a Rota do Oeste está preparada para superar cada uma delas”, declara o diretor geral da Rota do Oeste, Paulo Meira Lins.

No próximo dia 20 terão início os serviços de atendimento aos usuários da BR-163. “A partir de então, estarão disponíveis 18 ambulâncias, 26 guinchos, 19 veículos de inspeção de tráfego, 10 caminhões e mais 18 bases de atendimentos instaladas ao longo dos 850 quilômetros sob concessão, inclusive nos trechos cujas obras estão sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)”, salienta o diretor geral.

 

Chuvas

 

O período de chuvas em Mato Grosso deverá começar em meados de outubro e intensificar-se a partir de novembro e dezembro. A concessionária revela que neste período os trabalhos serão reduzidos, contudo irá se concentrar em trabalhos que possam ser conciliados com a época das águas, como a supressão vegetal, manutenção e recuperação.

 

“A intensificação das atividades está prevista para começo de abril e a mão de obra desmobilizada durante o período das águas deverá ser recontratada”, pontua Paulo Meira Lins.

Fonte OlharDireto