Mato Grosso, Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PLANTIO

Plantio da soja deve começar em setembro; Chuvas só em outubro

Marcia Jordan

28/08/2014 às 11:06

Plantio da soja deve começar em setembro; Chuvas só em outubro

As chuvas estão previstas apenas para meados de outubro, contudo alguns produtores devem iniciar o plantio da soja 2014/2015 assim que o vazio sanitário encerrar dia 15 de setembro, ou seja, no dia 16 as máquinas voltam a trabalhar. As variedades a serem semeadas são a de soja precoce e semi-precoces com a intenção de amenizar a pressão sob a ferrugem asiática, usando assim menos fungicidades e reduzindo riscos e custo de produção.

De acordo com a Somar Meteorologia, pode chover em Sinop, por exemplo, entre nos primeiros dias da segunda quinzena de outubro e em seguida uma nova “estiagem” surge para que a partir de 1º de novembro se entre em período normal de chuvas. Entre 1º de novembro e 1º de dezembro há estimativa de picos com mais de 60 milímetros de chuva/dia em Sinop. 

O mesmo é previsto em Cuiabá, com exceção de uma probabilidade de chuva no dia 1º de setembro. A partir de novembro a média diária de chuva deverá ficar em Cuiabá entre 5 a 35 milímetros.

O plantio ainda em setembro, segundo o diretor técnico da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Nery Ribas, é arriscado ainda em decorrência ao regime de chuvas ainda ser inadequado para o plantio da soja.

A Aprosoja-MT comenta que muitos produtores optam em semear a soja logo após o fim do vazio sanitário em decorrência a segunda safra, aonde em Mato Grosso milho, algodão e girassol são as principais culturas levadas às lavouras.

A previsão, como o Agro Olhar já comentou, é que sejam colhidas na safra 2014/2015 cerca de 27,6 milhões de toneladas de soja. Volume este 1,38% a mais que a previsão inicial de 27,3 milhões de toneladas e 5,31% a mais que as 26,2 milhões de toneladas colhidas na safra 2013/2014.

Até o início de agosto aproximadamente 8,4% da safra 2014/2015 estava comercializada. Nesta quinta-feira (28) o bushel da soja amanheceu a US$ 10,35 para entrega em janeiro de 2015, uma variação positiva de 3,75%. Já o bushel para março do ano que vem iniciou o dia cotado a US$ 10,43, alta de 4,25%.

Fonte OlharDireto