Mato Grosso, Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
UHE

UHE Sinop monitora qualidade da água

Marcia Jordan

23/08/2014 às 09:35

UHE Sinop monitora qualidade da água

Um estudo detalhado está sendo realizado para identificar e monitorar a qualidade das águas subterrâneas nas áreas diretamente envolvidas pela construção da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop. Essa ação, que acontece desde o mês de maio de 2014, faz parte do Programa de Monitoramento Hidrogeológico que consta no Projeto Básico Ambiental (PBA) e é coordenada pela concessionária do Empreendimento, a Companhia Energética Sinop (CES).

Ao todo, no entorno do reservatório, 30 poços vão receber esse acompanhamento. Destes, 22 serão monitorados de acordo com a dinâmica das águas subterrâneas, ou seja, todos os meses equipes técnicas vão até esses poços para fazer o acompanhamento do nível freático dos aquíferos de forma a avaliar as possíveis variações na borda do futuro reservatório.

Já os oito poços restantes, vão se enquadrar no estudo de diagnóstico preciso da qualidade das águas subterrâneas. Para isso, foi contratado um laboratório que, a cada três meses, vai realizar coletas para a análise de mais de 30 parâmetros químicos, físicos e biológicos das águas.

Conforme o coordenador dos Meios Físico e Biótico da CES, Ruy Alberto, esse monitoramento serve para saber se o enchimento do reservatório vai interferir na qualidade da água desses poços. “Caso haja interferência, o empreendedor tomará medidas a fim de garantir que eles permaneçam com parâmetros adequados”, salienta.

De acordo com o coordenador do Programa pela Novo Norte Ambiental, Lucas Antônio Silva, o monitoramento hidrogeológico é a maneira mais precisa de avaliar a qualidade da água no entorno do reservatório. “Essa ação será constante, ou seja, antes, durante e após o enchimento do reservatório”, completa.

O levantamento desses poços foi realizado em 2008 na Área de Influência Direta (AID) da UHE Sinop durante a elaboração do Estudo de Impacto Ambiental (EIA). Nesse contexto, essas avaliações qualitativas de campo vão permitir a observação de flutuações nos níveis de água durante todo o processo de construção da Hidrelétrica.

Redação com assessoria