Mato Grosso, Domingo, 17 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
AÉCIO

Aécio visita Mato Grosso no dia 19 de agosto

Marcia Jordan

08/08/2014 às 09:54

Aécio visita Mato Grosso no dia 19 de agosto

O presidente regional do PSDB-MT, deputado federal Nilson Leitão, anunciou na noite desta quinta-feira (7) que o presidenciável Aécio Neves, também do PSDB, visitará Mato Grosso no próximo dia 19 de agosto. O anúncio foi feito durante o lançamento da candidatura de Leitão, em Sinop.

De acordo com o parlamentar, Aécio deverá visitar dois municípios em Mato Grosso, provavelmente Cuiabá e Sinop, mas os detalhes ainda serão acertados.

“Recebi a confirmação hoje referente à data, mas os detalhes serão discutidos nos próximos dias e vamos informando a imprensa e a população”, declarou ele.

Lançamento de candidatura

Nilson Leitão lançou a candidatura dele a reeleição para deputado federal na noite desta quinta-feira, em Sinop, cidade em que foi vereador e prefeito por dois mandatos. Na ocasião, mais de mil pessoas prestigiaram-no, além do candidato ao Governo do Estado, Pedro Taques (PDT), do candidato ao Senado Federal, Rogério Salles (PSDB), e diversos candidatos a deputados estaduais.

Chamou a atenção os discursos inflamados contra a atual gestão do Governo do Estado.

“Para mudar toda a população tem que participar, vamos dar oportunidade para este grupo que está aqui na noite de hoje, estamos na oposição há 12 anos, ninguém no estado está contente, chegamos ao fundo do poço e não tem mais para onde ir”, afirmou Leitão durante o discurso.

Candidato da oposição ao Governo do Estado, Taques usou um discurso ainda mais duro, e sugeriu que há corrupção na atual administração.

“Temos neste palanque políticos que fazem política com o coração, sérios e que não usam mandato para roubar como do lado de lá, aqui ninguém aceita a incompetência que vemos há 12 anos”, discursou.

Rogério Salles seguiu a linha oposicionista e criticou o repasse de R$ 30 milhões feitos recentemente pelo Estado para a Assembleia Legislativa.

“Não é justo Mato Grosso ser governado por ladrões e pilantras, enquanto o Governo manda repasse por excesso de arrecadação para a Assembleia, muitos matogrossenses morrem diariamente por falta de atendimento nos hospitais”, finalizou ele.