Mato Grosso, Sábado, 28 de Março de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PMDB

PMDB marca reunião e deve expulsar ministro da Agricultura

Marcia Jordan

06/08/2014 às 08:44

PMDB marca reunião e deve expulsar ministro da Agricultura

O PMDB deverá expulsar o ministro da Agricultura, Neri Geller, dos quadros do partido na próxima semana. A executiva da legenda marcou para a próxima quarta-feira uma ‘convenção’ para analisar o quadro eleitoral neste primeiro mês de campanha, além da denúncia de infidelidade partidária por parte do ministro.

Presidente do diretório do PMDB em Cuiabá, Clóvis Cardoso, indicou que a tendência é a executiva deliberar pela desfiliação do ministro. “Não toleramos traidores. É muito provável que a expulsão aconteça”, declarou.

Apesar do partido fazer parte da coligação que apóia o ex-vereador Lúdio Cabral (PT) ao Governo do Estado, Geller, que ocupa o ministério pela indicação do PMDB, estaria fazendo campanha para o senador Pedro Taques (PDT), oposição aos governos estadual e federal. Na última semana, ele se reuniu com o senador e com lideranças do PP, incluindo o candidato a vice, Carlos Fávaro, na residência de Taques. Oficialmente, ela alega que discutiu questões relacionadas a campanha da presidente Dilma Roussef (PT) no Estado. O PP faz parte da aliança de Dilma em plano nacional, apesar de estar na oposição em Mato Grosso.

Sobre a representação por infidelidade, o ministro nega e diz que faz parte do conselho político da campanha de Lúdio. Ele ainda descarta se retratar perante os filiados. Ele não poupou a postura do deputado Carlos Bezerra como presidente da legenda. “Não vai colocar cabresto em mim”, assinalou.

Fonte Folhamax