Mato Grosso, Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
TRE

TRE manda investigar Lúdio por crime eleitoral em reunião

Marcia Jordan

01/08/2014 às 06:51

TRE manda investigar Lúdio por crime eleitoral em reunião

A juíza do Tribunal Regional Eleitoral, Ana Cristina Mendes, determinou que seja remetida a corregedora Maria Helena Póvoas uma ação de investigação contra o candidato ao Governo de Mato Grosso, Lúdio Cabral (PT), por captação ilícita de recursos. A representação foi movida pela coligação “Atitude e Coragem para Mudar”, que tem o senador Pedro Taques (PDT) como candidato ao palácio Paiaguás, acusando o petista de ter realizado no dia 10 deste mês uma reunião com servidores da Saúde e Meio Ambiente de Mato Grosso em pleno horário do expediente e na sede do sindicato da categoria.

O advogado da coligação liderada pelo PDT argumentou que a atitude de Lúdio fere a Legislação Eleitoral. “O candidato não pode fazer uma reunião num local sem que a doação esteja devidamente declarada”, explicou o advogado Paulo Taques.

Para fundamentar a representação, a assessoria jurídica de Taques anexou matérias jornalísticas que comprovam a presença do candidato da coligação “Amor à Nossa Gente” no ato político. “A ação pode ser analisada durante e após as eleições diante de ter descumprido o que determina a lei vigente”, assinalou.

 

Fonte Folhamax