Mato Grosso, Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
MT

MT tem mais homens eleitores do que mulher

Marcia Jordan

30/07/2014 às 07:36

MT tem mais homens eleitores do que mulher

Dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira (29) mostram que Mato Grosso anda na contramão do restante do país em dois quesitos: crescimento do eleitorado, que ficou abaixo da média nacional; e número de eleitores homens, que no Estado supera o de mulheres. 

Para este ano, o TSE espera o voto de 2.189.703 eleitores mato-grossenses. Em 2010, eram 2.095.825, o que representa um aumento de 4,47% de uma eleição geral para a outra. 

A média nacional de crescimento, no entanto, é superior: 5,17%. Há quatro anos, havia 135.804.433 títulos registrados na Justiça Eleitoral. Em 2014, 142.822.046 pessoas estão aptas a escolher seus representantes. 

Além disso, enquanto no Brasil 52,13% do eleitorado é formado por mulheres, em Mato Grosso elas representam a minoria. São 1.093.441 eleitoras, o totaliza 49,93%. No Estado, são homens 1.095.665 de eleitores. 

A maioria dos eleitores mato-grossenses tem idade intermediária, não estando nem entre a faixa etária considerada jovem, nem entre a considerada de idosos. 

Os que têm idade entre 25 e 34 anos lideram. São 536.105 pessoas, o que representa 24,48% do total. A segunda maior representatividade é dos que estão na faixa dos 45 a 59 anos: 23,51% do eleitorado ou 514.871 pessoas. E há ainda os com idade entre 35 e 44 anos, que somam 21,31%. 

Os jovens, que são os eleitores com idade entre 18 e 24 anos, somam 347.698, o que totaliza 15,87% dos títulos de eleitores cadastros no Estado. 

Já os idosos, que estão entre os 60 e 69 anos – idade em que o voto ainda é obrigatório – somam 176.463 eleitores ou 8,05% do total. 

A Justiça Eleitoral registra em Mato Grosso ainda a presença de 121.801 eleitores que têm mais de 70 anos e já não têm mais a obrigação de votar. Eles representam 5,55% do eleitorado do Estado. 

A menor representatividade, contudo, é a dos eleitores com idade entre 16 e 17 anos. Para estes, o cadastramento eleitoral é facultativo. 

Em Mato Grosso, 25.883 jovens nesta faixa etária já retiram seus títulos de eleitor e devem votar no pleito deste ano. Eles representam 1,17% do total de pessoas que precisarão ir às urnas no dia 5 de outubro. 

COLÉGIO ELEITORAL – De acordo com os dados do TSE, Mato Grosso tem ainda o menor colégio eleitoral do Brasil. O município de Araguainha (distante cerca de 445 quilômetros de Cuiabá) conta com apenas 898 cidadãos aptos a votar no pleito deste ano. A cidade possui 1.058 habitantes, conforme os dados de 2012 do IBGE. 

VOTO EM TRÂNSITO – Além disso, apenas Cuiabá estará apta no Estado para o projeto ‘Voto em Trânsito’, que permite aos eleitores que estiverem fora de seu domicílio eleitoral votarem. 

Fonte Diário de Cuiabá