Mato Grosso, Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ALTA

Alta Floresta e Sinop tem preço do gás mais caro do país

Marcia Jordan

25/07/2014 às 08:59

Alta Floresta e Sinop tem preço do gás mais caro do país

O preço do gás de cozinha em Mato Grosso é um dos mais caros do país. Foi apurado junto à Agência Nacional de Petróleo (ANP), que o botijão de 13 quilos de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) pode custar até R$ 57 em Sinop. O valor ainda pode ser acrescido de uma taxa de entrega na faixa de R$ 5 em alguns estabelecimentos.

 O preço médio nas revendas sinopenses é de R$ 55. Em Sorriso, o valor do botijão varia entre R$ 58 e R$ 60. Alguns ainda cobram a taxa de entrega.

 Em Alta Floresta, o preço varia de R$ 56 a R$ 58. O consumidor da capital não desembolsa menos de R$ 51 e, em alguns lugares, é cobrado R$ 59. Em Rondonópolis, o produto fica entre R$ 54 e R$ 57. O gás mais barato, de acordo com os municípios polos pesquisados pela ANP, é encontrado em Cáceres, ao valor entre R$ 48 e R$ 52.

 Se comparado aos preços praticado em Mato Grosso do Sul, a diferença é significativa. Lá o GLP custa cerca de R$ 40 em Campo Grande e R$ 35 no interior. Em Goiás, o preço médio é de R$ 34 e o máximo de R$ 37, de acordo com o último relatório da ANP.

Redação com Assessoria