Mato Grosso, Domingo, 15 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
MULHER

Mulher é diagnosticada com vírus H1N1 em Lucas do Rio Verde

Marcia Jordan

16/07/2014 às 07:55

Mulher é diagnosticada com vírus H1N1 em Lucas do Rio Verde

Uma dona de casa, de 41 anos, moradora de Lucas do Rio Verde, no Norte de Mato Grosso,  foi diagnosticada com vírus H1N1. Esse foi o primeiro caso registrado da doença pela Secretaria de Saúde do Município em 2014. De acordo com a Coordenadora de Vigilância em Saúde, Bárbara Ferreira, outros sete casos que estavam em investigação foram descartados para o vírus.

A mulher procurou uma unidade de saúde no dia 11 de junho com sintomas de gripe e ao passar por exames médicos, foi hospitalizada ficando sob observação por três dias. Logo depois a mulher recebeu alta e não apresentou mais sintomas. Foram coletados materiais da paciente e enviado para Cuiabá, onde foi diagnosticado o vírus H1N1.

A Secretaria de Saúde não soube precisa como a mulher foi contaminada pelo vírus, tendo em vista que há constante movimentação de pessoas no município, o que contribui para a circulação do vírus em Lucas do Rio Verde. “Orientamos a população para que não façam a automedicação. Pois isso pode mascarar os sintomas e dificultar o diagnóstico do vírus por parte dos profissionais de saúde”, ressaltou Bárbara.

Qualquer sintoma respiratório, falta de ar ou febre a pessoa deve procurar uma unidade de saúde. 
 
A H1N1 é um subtipo de Influenzavirus A e a causa mais comum da influenza (gripe) em humanos. A letra H refere-se à proteína hemaglutinina e a letra N à proteína neuraminidase. Este subtipo deu origem, por mutação, a várias estirpes, incluindo a da gripe espanhola (atualmente extinta), estirpes moderadas de gripe humana, estirpes endémicas de gripe suína e várias estirpes encontradas em aves.

Fonte 24hrsnews