Mato Grosso, Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
JUIZ

Juiz mantém Éder preso e marca nova audiência no dia 24

Marcia Jordan

04/07/2014 às 07:44

Juiz mantém Éder preso e marca nova audiência no dia 24

Em audiência que durou cerca de seis horas nesta quinta-feira, o empresário Gércio Marcelino Mendonça, o “Júnior Mendonça”, reafirmou as denúncias feitas em sua delação premiada que culminaram com a quinta fase da “Operação Ararath”, que investiga um esquema de lavagem de R$ 500 milhões através de empresas de factoring, atacado e postos de gasolina. Ele voltou a dizer que o ex-secretário Éder Moraes Dias, que está preso há 43 dias no complexo penintenciário da Papuda em Brasília (DF), operava um esquema clandestino a mando do ex-governador Blairo Maggi (PR) e atual governador Silval Barbosa (PMDB).

A audiência de hoje foi a primeira entre os vários processos oriundos da “Operação Ararath”, que teve início em novembro do ano passado. Nesta ação, são réus Éder Moraes Dias, a esposa dele Laura Tereza Dias, o economista Vivaldo Lopes e o ex-superintendente do BIC Banco em Mato Grosso, Luiz Carlos Cuzziol.

Mesmo preso em Brasília, Éder acompanhou as declarações de Éder por videconferência e se manteve em silêncio. Advogados que participaram da audiência afirmaram que, apesar do longo período na cadeia, o ex-secretário de Copa, Casa Civil e Fazenda mantém a mesma aparência física.

Durante a audiência, o juiz federal Jeferson Schneider voltou a negar um novo pedido de liberdade para Éder Moraes feito pelos advogados. Com isso, ele continua preso e aguardo julgamento de recursos que tramitam no Tribunal Regional Federal, Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal.

Uma nova audiência foi marcada para o dia 24 deste mês. Durante quatro dias, o juiz federal deverá colher os depoimentos de defesa e acusação.

Se estiver preso ainda, Éder Moraes acompanhará por videoconferência. Após a fase de colheita de depoimentos, Jeferson Scheineider deve emitir a primeira sentença da Ararath.

Fonte Folhamax