Mato Grosso, Segunda-Feira, 26 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
COLISÃO

Colisão frontal entre Fiat Strada e carreta deixa dois mortos e mulher gravemente ferida na BR-163

Marcia Jordan

21/12/2015 às 12:38

Colisão frontal entre Fiat Strada e carreta deixa dois mortos e mulher gravemente ferida na BR-163

d4a57f30-06e4-4ac3-8276-947d1d18920bUma colisão frontal entre uma carreta Scania e um veículo modelo Strada, vitimou três pessoas, na manhã desta segunda-feira, 21, no km 519 da rodovia BR 163, em Diamantino (188 km de Cuiabá). Um homem e uma adolescente morreram no local, e uma mulher foi encaminhada em estado grave para o hospital da cidade. Todos ocupavam o carro de passeio, com placa de Dourados – MS. O motorista da Scania, com placa de Rio Verde – GO tem 53 anos e não sofreu ferimentos.

Com o acidente, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já registra mais 216 óbitos nas estradas em 2015, uma média de 17,87% a menos que no ano passado.

O desastre aconteceu enquanto o carro ultrapassava em local permitido (reta com boa visibilidade), um caminhão Mercedes Benz, com placa de Barueri – SP. Na manobra ele se chocou contra o bitrem, que trafegava em sua mão de direção. O condutor da carreta que seria ultrapassada, também não apresentou nenhum tipo de lesão. A ocorrência aconteceu às 9h40.

Em um levantamento recente, as autoridades divulgaram as estatísticas de acidentes e as principais autuações da PRF pelas condutas com maior potencial lesivo nas rodovias federais. Desde 17 de dezembro, data início do balanço, 72,5 mil flagrantes de excesso de velocidade; 10,5 mil flagrantes de ultrapassagens proibidas; e 2,5 mil flagrantes de motoristas/passageiros sem cinto de segurança.

Rodovida

Com objetivo de reduzir a quantidade de acidentes graves nas rodovias federais e, a PRF lançou recentemente a operação Rodovida, que segue até o dia 14 de fevereiro. A Operação Rodovida integra, também, o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes, criado em 2011, pela Organização das Nações Unidas (ONU). A meta prioritária é reduzir em 50% o número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito.
A ação conta com apoio da Presidência da República, da Casa Civil e dos Ministérios das Cidades, Saúde e Transportes.

 

 

Fonte:olhar direto