Mato Grosso, Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
CONVENÇÕES

Convenções partidárias agitam o final de semana na capital

Marcia Jordan

25/06/2014 às 11:29

Convenções partidárias agitam o final de semana na capital

Segunda-feira é o último prazo para que os partidos políticos de Mato Grosso definam seus candidatos nas eleições de 5 de outubro. Quatorze partidos já definiram suas convenções. Falta apenas o PT que vive o clima do mistério e não confirma a data. “Deve ser na segunda-feira.

Temos de confirmar o local e o horário”, se limitam a informar os dirigentes trabalhistas, confiantes em ter o médico e ex-vereador Lúdio Cabral como candidato ao governo do Estado.  Os políticos estão agitados em meio a definição de suas candidaturas, de governador a deputado estadual e com a Copa do Mundo.

Nove partidos vão aproveitar a sexta-feira, folga geral da Copa para as convenções, entre eles do PDT, que vai lançar para governador o senador Pedro Taques.    As convenções de sexta-feira começam a partir das 8h com DEM, PMDB, PSL, PSDB, PSB, PPS, PP e PTB.  O PDT encerra estas convenções a patir das 16h, no ginásio do Verdão, na no CPA.   Neste mesmo dia, o PMDB do governador Silval Barbosa realiza a sua convenção, na Associação Mato-grossense dos Municípios, às 15h.

A expectativa de todos os aliados é se o juiz federal Julier Sebastião da Silva será mesmo lançado ao governo do Estado ou se vai disputar um outro cargo, abrindo espaço para o médico petista Lúdio Cabral.    Os aliados, que já descartaram a pré-candidatura do vice-governador Chico Daltro (PSD) aguardam este encontro dos peemedebistas.

Todos deverão estar presente na AMM, inclusive o PT. Mas antes da convenção, entre hoje e quinta-feira reuniões devem acontecer para uma tentativa de acordo. “O PT não marcou sua convenção ainda certo de que o candidato do grupo será Lúdio. Querem todos os aliados na convenção petista, mostrando união”, disse um peemedebista que defende a candidatura petista.  

No dia 28 será a vez do PT do B, PRTB, PTN, PTC e o PEN. No no dia 29 o PC do B fará sua convecção a partir das 14 horas, e no último dia marcado para realizar as convenções, o PROS, PHS e PSD irão decidir seus caminhos políticos.   Nos bastidores se dá como certo o lançamento de Lúdio como candidato – para perder a vaga só se o senador Blairo Maggi (PR) resolver entrar na disputa, o que é considerado muito difícil -.

Sem Maggi, o PT quer fazer uma grande festa em sua convenção, quando anunciará oficialmente o nome de Lúdio, seu vice-governador e o candidato ao Senado, que pode até vir a ser o juiz federal Julier Sebastião da Silva, com Wellington Fagundes disputando, mais uma vez, a Câmara Federal.   

De todos os grandes partidos, o mistério ainda persiste no PT, que não anunciou nem a data da convecção, muitos afirmam que isso está acontecendo porque a sigla já está com tudo praticamente definido, com Lúdio Cabral na chapa principal para concorrer ao governo do estado e a convecção será realizada apenas para anunciar os nomes dos candidatos ao governo, o do vice e para senado.  

Como em política no estado de Mato Grosso, o que está certo nem sempre segue a risca o significado, tudo poderá mudar nos próximos dias, e muitas surpresas poderão surgir, como também, a confirmação de nomes já cogitados para concorrer e ganhar as eleições há meses, poderá reaparecer, no caso, claro se conseguirem convencer o senador Blairo Maggi, que na terça-feira apareceu na Arena Pantanal e foi chamado de governador.  

As janelas das negociações permaneceram abertas até o dia 30, e só depois disso que os mato-grossenses ficaram sabendo quem serão os reais candidatos, já que de acordo com o histórico político no estado, muita gente já dormiu candidato e amanheceu sem nenhuma vaga para concorrer. Nestas convenções serão definidos também os candidatos à Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

Fonte 24horasnews