Mato Grosso, Segunda-Feira, 26 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PSDB

PSDB espera filiação de três deputados e ser maior bancada na AL

Marcia Jordan

28/02/2016 às 16:35

PSDB espera filiação de três deputados e ser maior bancada na AL

fc1f80da5f13242c4661e9fbf6664c17O PSDB busca traçar um cronograma do novo quadro de filiados até a próxima terça-feira (1º) de março. Com a abertura da janela partidária programada para encerrar no final do mês de março, o partido tem a esperança de aumentar a bancada na Assembleia Legislativa.

O deputado estadual Leonardo Albuquerque estava cotado para trocar o PDT pelo PSDB, mas aderiu ao PSD em uma articulação liderada pelo vice-governador Carlos Fávaro (PSD). A rejeição aos tucanos se deu por questões políticas e envolvem sua base eleitoral no município de Cáceres.

Um dos nomes cotados para ir ao PSDB é o deputado Pedro Satélite, mas, por conta da boa relação com os tucanos, pode prosseguir no PSD.

O deputado estadual Baiano Filho já deu como certa sua troca do PMDB pelo PSDB, o que garantirá ao partido ter o mínimo de quatro representantes no Legislativo estadual.

A atual bancada é composta pelos parlamentares Guilherme Maluf, Saturnino Masson e Wilson Santos. O suplente de deputado estadual Jajah Neves que atualmente está no exercício do mandato por conta da licença de Saturnino Masson já avisou que vai trocar o PDT pelo PSDB.

Os tucanos ainda aguardam a resposta do deputado estadual Emanuel Pinheiro que sinalizava em acompanhar o senador Blairo Maggi e trocar o PR pelo PMDB e ser candidato a deputado federal nas eleições de 2018. Porém, com o recuo de Maggi, Pinheiro está avaliando seus planos políticos.

Conforme o presidente do diretório estadual do PSDB, deputado federal Nilson Leitão, o partido tem boas perspectivas em Mato Grosso para assumir o posto de maior partido do Estado. “A filiação do governador Pedro Taques deu uma envergadura muito grande ao partido. No começo da próxima semana já teremos um desenho do novo cenário político liderado pelo PSDB”.

A tendência é que o PSDB assuma o protagonismo e venha a se transformar no maior partido de Mato Grosso com número expressivo de prefeitos e vereadores. O partido busca agregar até 50 prefeitos e 200 vereadores estimulados a participar do mesmo grupo político do governador Pedro Taques que deixou o PDT e aderiu ao PSDB em agosto de 2015.

Na Câmara Municipal de Cuiabá, 13 vereadores estão dispostos a trocar de partido. Os vereadores Adevair Cabral e Renivaldo Nascimento deixarão o PDT e migrarão para o PSDB, que vai saltar para cinco vereadores e tornar-se o partido com a maior bancada do Legislativo. Os tucanos já são representados por Ricardo Saad, Maurélio Ribeiro e Lueci Ramos.

 

 

 

Fonte Folhamax