Mato Grosso, Quinta-Feira, 29 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
MPE

MPE suspeita de novos servidores "fantasmas" e abre investigação na AL

Marcia Jordan

01/03/2016 às 07:26

MPE suspeita de novos servidores "fantasmas" e abre investigação na AL

f576231b4c790a9af8ea6b2a49ce4152O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou três inquéritos civis para apurar a suspeita de acumulo ilegal de cargos públicos e incompatibilidade de horário por três ex-servidores da Assembleia Legislativa. Os indícios apontam para a suspeita de servidores fantasmas, aqueles que recebem salários, mas não comparecem ao local de trabalho para dar expediente.

As investigações são conduzidas pelo promotor Gilberto Gomes, que compõe o Núcleo de Defesa do Patrimônio Público. São alvos os ex-servidores L.C.E, N.P.S e E.F.D.S.

Foi juntado todos os documentos extraídos do Diário Oficial do Estado (DOE) envolvendo os ex-servidores do Legislativo bem como outros documentos para análise. Se comprovada as irregularidades, os responsáveis poderão ser acionados na Justiça por improbidade administrativa.

Nos últimos meses, o Ministério Público mantém investigações abertas contra ex-servidores do Legislativo. Uma das suspeitas é que muitos servidores sejam sócios-administradores de empresas privadas, o que é proibido pelo Estatuto do Servidor Público.

Outras investigações estão relacionadas a suspeita de que servidores tenham sido efetivados sem a devida aprovação em concurso público, o que fere a Constituição Federal. Ações civis públicas já foram encaminhadas ao Judiciário requerendo a nulidade dos atos administrativos que empossaram pelo menos sete servidores da Casa de Leis.

 

 

 

 

Fonte Folhamax