Mato Grosso, Sábado, 18 de Setembro de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PROFESSORES

Professores "cruzam os braços" em MT a partir da próxima terça-feira

Marcia Jordan

14/03/2016 às 18:03

Professores "cruzam os braços" em MT a partir da próxima terça-feira

professor-sala-aulaOs professores que atuam na rede pública de Mato Grosso cruzam os braços no período de 15 a 17 de março. Para o último dia da mobilização, o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público irá realizar um ato público, com concentração a partir das 14h, na praça Alencastro, área central de Cuiabá.

Segundo o Sindicato, o ato de protesto é nacional, mas em Mato Grosso a pauta de reivindicação engloba o cumprimento integral da Lei Complementar 510/2013, que em 2015 sofreu com o impacto da fragmentação do Reajuste Geral Anual; realização de concurso público; melhorias da infraestrutura das escolas; convocação das conferências de avaliação do ciclos de formação e de Gestão Democrática, temas em permanente conflito de interesses de governos.

A mobilização promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) quer o Cumprimento da Lei do Piso (Lei nº 11.738/2008); o fim da Terceirização da Educação; contra a entrega de Escola às Organizações Sociais (OSs); pelo fim da militarização das escolas públicas; contra o parcelamento dos salários e contra a reorganização das escolas públicas

Para as redes municipais deverão estar no debate; o cumprimento imediato da Lei do Piso Nacional (Lei 11.738/2008); aplicação correta dos recursos da Educação; melhorias na estrutura física das escola e condições de trabalho; garantia da profissionalização de funcionários com inclusão na carreira.

Outro Lado

Procurada, a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT) informou que ainda irá se manifestar quanto aos apontamentos dos profissionais.