Mato Grosso, Quarta-Feira, 23 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ADVOGADO

Advogado e 5 servidores do Ibama são líderes de esquema de crimes ambientais em MT

Marcia Jordan

17/03/2016 às 10:32

Advogado e 5 servidores do Ibama são líderes de esquema de crimes ambientais em MT

969fa4d5ba2da907eb351eee5d42e35fUm advogado e cinco servidores do Ibama ( Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) são apontados com os líderes do esquema que teria causado prejuízos de R$ 65 milhões por meio de crimes ambientais em Mato Grosso e no Distrito Federal.

O esquema foi desbaratado na manhã desta quinta-feira com a “Operação Provérbios 17:23”.
Todos os 14 mandados expedidos na operação já foram cumpridos na manhã desta terça-feira pela Polícia Federal. Ao todo, foram oito buscas e apreensões e seis conduções coercitivas, quando o alvo é levado para a Polícia Federal prestar esclarecimentos.

Os mandados foram cumpridos em Cuiabá – 1 busca e apreensão e 1 condução coercitiva –, Barra do Garças – 5 buscas e 4 conduções -, e em Brasília – 2 buscas e 1 condução.

Os depoimentos serão colhidos durante o dia por delegados federais. Entre os materiais apreendidos estão documentos e computadores.

A operação foi deflagrada com o objetivo de desbaratar esquema criminoso que burlava as leis ambientais para permitir sucessivas e reiteradas agressões ao meio ambiente. O grupo criminoso vinha praticando desembargos irregulares e sem fundamento de áreas embargadas, o cancelamento de autuações e até a assinatura de termos de ajustamento de conduta sem a devida justificativa técnica e ambiental.

O nome da operação é uma referência à passagem bíblica que diz: “O ímpio aceita às escondidas o suborno para desviar o curso da justiça”.

Veja abaixo os locais onde foram cumpridos mandados:
Cuiabá/MT: 1 mandado de busca e apreensão / 1 mandado de condução coercitiva
Barra do Garças/MT: 5 mandados de busca e apreensão / 4 de condução coercitiva
Brasília/DF: 2 mandados de busca e apreensão / 1 condução coercitiva

 

 

Fonte Folhamax