Mato Grosso, Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PREFEITOS

Prefeitos do médio norte reivindicam traçado da ferrovia na região

Marcia Jordan

24/06/2014 às 07:10

Prefeitos do médio norte reivindicam traçado da ferrovia na região

Os municípios do Médio-Norte mato-grossense estão se articulando para reivindicar a inclusão de um traçado da ferrovia Vicente Vuolo na região. O assunto foi debatido em Diamantino, no sábado (21), na 1ª reunião pró-ferrovia no Médio-Norte, organizada pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social. O evento contou com a participação de prefeitos e representantes das prefeituras, autoridades locais e contou com palestras do vice-presidente da região Oeste da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Vanderlei Reck Junior, e do presidente do Fórum Pró-ferrovia, Francisco Vuolo.

Para o prefeito anfitrião, Juviano Lincoln, a passagem do modal no lado esquerdo da BR-163 irá fomentar a produção no Chapadão dos Parecis, que segundo ele é a maior área agricultável do estado com mais de quatro milhões de hectares. O gestor também criticou a falta de investimentos em logística de transporte na região, que é uma das piores do país para escoamento da produção.

A região que compõe o Consórcio intermunicipal do Alto do Rio Paraguai já é destaque na produção de biodiesel, soja, milho, cimento e extração de madeira. Os prefeitos de Nova Marilândia, Wener Santos, de Nova Olímpia, Cristóvão Masson, Alto Paraguai, Adair José, e São José do Rio Claro, Natanel Casavechia, também demonstraram apoio à causa, que consideram ser de extrema importância para o desenvolvimento econômico e social dos munícipes.

O gerente de Desenvolvimento Econômico da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, Hudson Saturnino, elogiou a iniciativa do Conselho e colocou a instituição à disposição da causa. “É papel da Associação apoiar mobilizações como essa, que beneficia diretamente os pequenos municípios do estado”, ratificou.

Após a apresentação dos painéis, foi colocada em aprovação a redação de uma carta, endereçada ao Ministério dos Transportes com as proposições debatidas. O texto inclui a solicitação da realização de um estudo de viabilidade alternativo, para o trecho Cuiabá-Sinop, que contemple a região diamantina e do chapadão. Todos os presentes assinaram o documento.

Para o presidente do Fórum Pró-ferrovia, Francisco Vuolo, é justo que o traçado seja levado para o lado esquerdo da BR-163, já que um dos idealizadores do projeto, Olacyr de Moraes, era produtor da região. Ele também destacou que a mudança não irá prejudicar os outros municípios, uma vez que eles já estão contemplados em outros projetos de mobilidade do Governo Federal. Vuolo também convidou o gerente da AMM, Hudson Saturnino, para compor o Fórum.

Fonte Redação com Assessoria