Mato Grosso, Domingo, 26 de Setembro de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
“CINEMA

“Cinema no Mato” oportuniza jovens na produção de curta metragens

Marcia Jordan

22/03/2016 às 07:33

“Cinema no Mato” oportuniza jovens na produção de curta metragens
Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

A biodiversidade de Mato Grosso mais uma vez será tema de produção cinematográfica, mas com um diferencial: desta vez, jovens de 14 a 19 anos serão os responsáveis pela criação e produção de curtas-metragens. Esta oportunidade veio através do projeto “Cinema no Mato”, iniciativa desenvolvida pelo Instituto Equipav, por meio da Lei Rouanet do Ministério da Cultura, patrocinada pela empresa Águas de Sinop e com apoio da Secretaria da Diversidade Cultural. A aula inaugural do projeto foi realizada domingo (20), no Parque Florestal com a presença do cineasta Steevens Beringh.

O projeto tem como objetivo principal ofertar cursos de edição de vídeo, de manuseio de equipamentos cinematográficos, filmagem, construção de roteiro, direção de arte, produção e desenvolvimento de curtas metragens de ficção e documentário com temas ligados ao meio ambiente e ao imaginário indígena.

Segundo o produtor cultural do projeto Guilherme Melo o projeto escolhe o Estado de Mato Grosso por, além de, ser composto por três grandes e importantes biomas: Pantanal, Cerrado e Amazônia; e por ser uma região com forte influência agropecuária pouco se é discutido sobre desmatamento, riquezas naturais e convívio em harmonia com o meio. “O tema principal desse projeto é o meio ambiente, então, a ideia do projeto é que os adolescentes tenham por meio do cinema uma forma de expressar a visão delas com relação ao meio ambiente e ao tema amplo da sustentabilidade. Acredito que o cinema ainda no Mato Grosso não é tão desenvolvido, poucos polos de cinema e a maioria concentrados em Cuiabá. A ideia é levar essa visão de cinema pra outras cidades”, ressaltou.

O projeto será desenvolvido em quatro cidades de Mato Grosso – Primavera do Leste, Sinop, Poconé e Barra do Garças. O desfecho será em dezembro de 2016 no Festival de Curtas Tamanduá em Primavera do Leste com a exibição dos curtas desenvolvido pelo projeto e também outros curtas do estado de Mato Grosso.