Mato Grosso, Sábado, 16 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PEDIDO

Pedido do PSD adia reunião que definiria candidato a governador de Mato Grosso pela base aliada

Marcia Jordan

23/06/2014 às 10:06

Pedido do PSD adia reunião que definiria candidato a governador de Mato Grosso pela base aliada

A reunião dos partidos da base aliada para definir o candidato à sucessão do governador Silval Barbosa (PMDB), prevista para acontecer na manhã desta segunda-feira (22) com debate entre os pré-candidatos ao governo de Mato Grosso, foi adiada inicialmente para esta quarta-feira (24). A decisão sairá a menos de uma semana das convenções partidárias, marcadas para a próxima segunda-feira, dia 30.

O pedido de adiamento partiu da Executiva do PSD, porque o deputado estadual José Riva, seu representante na comissão suprapartidária, está em viagem. “O comunicado chegou pouco antes da reunião. E foi acatada, por ser uma solicitação factível”, explicou o coordenador da comissão, Márcio Lacerda, via assessoria. Dirigentes de PMDB, PR, PT, PCdoB e Pros concordaram com a transferência da data.

A reunião seria na noite desta segunda-feira, mas foi antecipada para o período matutino, por conta do jogo da seleção brasileira contra Camarões, pela Copa do Mundo. “Ninguém vai em reunião política depois de um jogo do Brasil”, ponderou um dirigente partidário da base aliada, para a reportagem do Olhar Direto.

Por ser pré-candidato ao governo de Mato Grosso, desde março o vice-governador Chico Daltro nomeou José Riva como represente do PSD no grupo. Porém, nos bastidores, são fortes as especulações de que o encontro foi adiado para amainar os ânimos.

Na semana passada, em pelo menos três ocasiões, Daltro manifestou seu descontentamento com a forma com que o coordenador da comissão suprapartidária, ex-senador Márcio Lacerda, conduzia o processo. No sábado, o vice-governador chegou a ameaçar não comparecer ao debate.

O ambiente acalmou apenas com interferência direta de Silval Barbosa, que mostrou a necessidade de se manter a serenidade e, principalmente, a unidade do grupo governista

Fonte Olhar Direto