Mato Grosso, Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
SORRISO

Sorriso lança campanha de prevenção a incêndios no município

Marcia Jordan

23/06/2014 às 07:56

Sorriso lança campanha de prevenção a incêndios no município

Reunidos da Sede do Sindicato Rural de Sorriso, representantes da Administração Municipal, do Sindicato, do Clube Amigos da Terra (CAT), e do Corpo de Bombeiros, lançaram oficialmente sexta -feira (20) a campanha contra queimadas no município.

O objetivo da campanha, que será realizada nas emissoras de rádio e televisão e também com a  distribuição de material impresso , é reforçar a preocupação que todos devem ter em evitar qualquer situação que possa provocar fogo.

Vale lembrar que, em todo o Estado, a partir do dia 15 deste mês e até  o dia 15 de setembro, é proibida a realização de queimadas para limpeza e manejo de áreas. “Este período pode se estender até o fim de setembro se for necessário, lembrando que, como o período é muito seco, todos precisam manter a atenção para evitar qualquer tipo de incêndio, tanto no campo quanto na cidade”, destaca o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Afrânio César Migliari, que reforça que a população deve fazer denúncias pelo 3545 4729. “Precisamos acabar com velhos hábitos, como o de queimar folhas secas no quintal, que podem resultar em problemas sérios para toda a sociedade”, comenta.

Além de participar da campanha e de intensificar a fiscalização no período, a Prefeitura também cedeu 10 brigadistas ao Corpo de Bombeiros, trabalhando nas duas frentes da questão das queimadas: a prevenção, evitando que os incêndios venham a ocorrer, e a contenção do fogo, no sentido de minimizar qualquer problema causado por ele. O comandante-adjunto da 10.ª Companhia Independente de Bombeiros Militar de Sorriso, 1.º Tenente Emerson Henrique dos Anjos Acendino, aproveitou a oportunidade para falar sobre a importância da ação preventiva, que vem sendo realizada há três anos. “ Sofríamos muito com a questão das queimadas, principalmente a nossa região, que mais se destaca nesta questão, bem como nosso Estado, que ocupa a linha de frente nesta triste estatística, e a realização desta campanha, focada na prevenção, colabora muito para a redução das queimadas nesta época”, aponta.

Mais que danos à saúde, principalmente problemas respiratórios causados pela baixa umidade do ar e fumaça, a ocorrência de incêndios também causa grandes prejuízos financeiros e ambientais, principalmente nesta época de colheita da safra de milho. “O produtor rural está bem consciente e esta campanha vem para lembrá-lo do quanto é importante adotar práticas que evitem o fogo”, explica o presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Laércio Lenz, ilustrando que em caso de incêndio em lavouras com o milho em pé, as perdas são de 100%, além do prejuízo para recuperação das áreas degradadas, que podem demorar até três anos para se recuperarem.