Mato Grosso, Quinta-Feira, 29 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PRESIDENTE

Presidente da OAB Felipe Guerra se filia no PSDB

Marcia Jordan

06/04/2016 às 12:23

Presidente da OAB Felipe Guerra se filia no PSDB

eleicoes-2026O PSDB de Sinop conquistou um nome bastante disputado nos bastidores políticos nos últimos meses, Felipe Guerra presidente da OAB-Sinop estava sendo assediado por várias siglas para ser o candidato ao executivo da Capital do Nortão, mesmo diante dos convites o advogado optou por se filiar a sigla tucana.

Felipe Guerra estava sem partido e segundo ele a vinda para o PSDB tem a ver com suas convicções políticas como explicou em entrevista ao Site Só Informação:

“Recebemos muitos convites, ficamos honrados e agradecidos a todos os partidos que nos convidaram mas entendemos que o PSDB de Pedro Taques e Nilson Leitão vem de encontro ao que queremos para nossa cidade, nosso estado e o Brasil. Estamos como soldado sem nem uma vaidade pessoal, mas claro que se o nosso nome for escolhido para disputa a prefeitura de Sinop por todo o grupo, não nos furtaremos de nossa missão. Tem outros bons nomes e respeitamos todos, estamos aqui para somar de forma muito simples e ciente do nosso papel neste projeto.” 

O Presidente do partido Cleiton Laurindo confirmou que o nome de Felipe foi uma conquista importante para o ninho Tucano, e agora comguerra05 esta filiação o PSDB trabalha em pesquisas e consultas internas para até o final de maio anunciar qual será o candidato a prefeito de Sinop pelos partidos aliados do Governador Pedro Taques.

Participaram do evento os pré-candidatos a prefeito de Sinop Fernando Assunção, Antônio Contine, presidentes de partidos aliados do Governo do Estado e convidados.

O prazo para filiação  partidária para disputa das eleições municipais se encerraram dia 02 de abril, as convenções acontecem de 20 de julho a 5 de agosto de 2016, o tempo da campanha eleitoral será de 45 dias, começando em 16 de agosto.

O período de propaganda dos candidatos no rádio e na TV também será de 35 dias, com início em 26 de agosto, no primeiro turno. Assim, a campanha terá dois blocos no rádio e dois na televisão com 10 minutos cada. Além dos blocos, os partidos terão direito a 70 minutos diários em inserções, que serão distribuídos entre os candidatos a prefeito (60%) e vereadores (40%). Em 2016, essas inserções somente poderão ser de 30 ou 60 segundos cada uma.

Da redação Rudy Roger