Mato Grosso, Terça-Feira, 21 de Setembro de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
COMISSÃO

Comissão de direitos humanos da Câmara vai apurar denuncia de abusos no presidio

Marcia Jordan

25/04/2016 às 21:36

Comissão de direitos humanos da Câmara vai apurar denuncia de abusos no presidio

noticia_550991fb5c9f9A comissão de direitos humanos  da câmara de Sinop, vai apurar denuncia de possíveis abusos praticados dentro do presidio Osvaldo Florentino “ferrugem” em Sinop. A denuncia foi feita por familiares de detentos durante protesto na câmara.

Segundo eles, detentos estão sendo espancados, torturados e passam dias sem alimentação. Eles também tiveram seus objetos pessoais tais como ventiladores, roupas e produtos de higiene jogados fora durante operação realizada ha cerca de 15 dias. Tem detendo andando nu dentro da unidade. Produtos  estão sendo comercializados com preços superfaturados. Tudo isso vem acontecendo depois que houve troca de diretor no presidio.

Segundo os detentos, o novo diretor Itamar Gonçalo da Costa está  usando de truculência  e isso está revoltando os presidiários. Conforme familiares os detentos estão tendo seus direitos cerceados.A câmara através do presidente Mauro Garcia determinou que a comissão de direitos humanos da casa apure as denuncias.

Amanhã a tarde deve acontecer uma reunião entre vereadores, OAB e Ministério publico de Sinop para analisar as denuncias. A comissão deve intimar o diretor do presidio Itamar, Costa, o superintendente da Secretaria de Justiça, Fernando e o secretario de justiça de direitos humanos do Estado.

Conforme o presidente da OAB de Sinop, Felipe Guerra, precisamos tomar medidas urgente e evitar uma rebelião dentro do presidio que esta superlotado. O presidio tem capacidade para 360 detentos e hoje abriga cerca de 800 presos.

 

 

 

Marcia Jordan