Mato Grosso, Quinta-Feira, 29 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
TCE-MT

TCE-MT realiza Programa Consciência Cidadã em Alta Floresta

Marcia Jordan

26/04/2016 às 07:42

TCE-MT realiza Programa Consciência Cidadã em Alta Floresta

4f88e83adc7c2afdd14ef4e074bcdab0_LNo dia 27 de abril, próxima quarta-feira, o Tribunal de Contas de Mato Grosso realiza, em Alta Floresta, a primeira edição de 2016 do Programa Consciência Cidadã. O evento é organizado pela Secretaria de Articulação Institucional do TCE-MT e terá a presença do presidente Antonio Joaquim, do ouvidor geral, conselheiro Waldir Teis, e representante do Ministério Público Estadual. O Tribunal espera contar com a participação de 700 pessoas da sociedade civil, entre conselhos de políticas públicas; estudantes do ensino médio, fundamental e superior; sindicatos, associações, universidades públicas e particulares:pequenos e médios empresários; clubes de serviço, comércio e setor de turismo.

O evento tem como objetivo estreitar os laços entre o Tribunal e a sociedade civil, com palestras e debates sobre a importância da participação social, na fiscalização dos recursos públicos. A abertura está prevista para iniciar às 19 horas, no Gold Centro de Eventos, com o presidente do TCE, conselheiro Antonio Joaquim, oportunidade em que debaterá sobre a relação entre o TCE e o cidadão. Logo depois, o auditor José Marcelo de Almeida Peres irá discorrer sobre o trabalho que o Tribunal tem feito na fiscalização da qualidade das políticas públicas.

A secretária de Articulação Institucional, Cassyra Vuolo, fará uma apresentação de como o cidadão pode exercer o controle social a partir das informações do TCE-MT. “Vamos mostrar para a população quais são os instrumentos que o Tribunal oferece para que qualquer pessoa possa conhecer os resultados das políticas públicas e como utilizar as ferramentas que oferecemos para o controle social”, explicou. Ela lembra que “por meio do Portal do Cidadão, por exemplo, é possível saber quanto o município arrecadou durante o ano e de que forma esses recursos foram gastos pelo gestor”.

O programa Consciência Cidadã foi implantado pelo TCE-MT, em 2006, com a missão de levar as ações da instituição para a sociedade. Inicialmente o público era formado por estudantes do ensino médio. Hoje, o programa trabalha com 24 grupos, entre eles: estudantes do ensino médio e superior, conselhos e profissionais liberais. “Nos encontros são discutidas dúvidas que a sociedade tem conosco. Há dez anos tínhamos uma imagem de punidores. Nos olhavam com desconfiança e a sociedade era bem distante do TCE”, conta Cassyra.

De lá pra cá muita coisa mudou. “Em 2012, quando retornamos com o programa era um outro momento. Houve um amadurecimento do TCE e também da sociedade. Assim, começamos a interagir com públicos diversos. Nosso relacionamento com a sociedade ficou mais contínuo”, relembra “Nos tornamos mais transparentes. Fomos a primeira instituição pública de Mato Grosso a ter um Portal Transparência”.

A secretária ressalta o diálogo do TCE com os conselhos de políticas públicas durante a implantação do Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado – PDI para levar a cultura do planejamento estratégico aos municípios. “Consolidamos a linha da missão orientadora, passamos a compartilhar o conhecimento do TCE com os fiscalizados e ao mesmo tempo fortalecemos o controle social.

Veja o programa Consciência Cidadã com muita com boa expectativa porque vai aproximar as comunidades ao Tribunal de Contas, tem muita gente que nem conhece o TCE, não sabe o que ele faz e como pode ser útil ao cidadão. Toda a sociedade local é convidada”, disse o prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra.

 

 

 

Fonte Assessoria