Mato Grosso, Segunda-Feira, 21 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
VEREADORA

Vereadora pede providências no Condomínio Rosa

Marcia Jordan

03/05/2016 às 09:22

Vereadora pede providências no Condomínio Rosa

Através de indicações, a vereadora solicita vistoria na infraestrutura e apoio às microempreendedoras

sessao03Atendendo pedido das confeccionistas do Condomínio Rosa, a vereadora Cleusa de Marco (PT) apresentou duas indicações na sessão ordinária desta segunda-feira (02). Nos últimos dias, Cleusa ouviu as mulheres a respeito dos problemas relacionados à infraestrutura e dificuldade de manutenção dos pequenos negócios.

“Uma das reivindicações das mulheres que trabalham lá é para que seja feita uma perícia no prédio, que já apresenta rachaduras em paredes internas e externas e também no piso, que o engenheiro técnico faça um laudo e que sejam cobradas da empresa responsável pela obra reformas para garantir a segurança do local”, justificou.

Para a vereadora, é essencial que sejam tomadas providências para o bom funcionamento do Condomínio Rosa. “Também solicitamos ao Executivo que apresente um programa para o desenvolvimento do trabalho das mulheres, que englobe assuntos relacionados à comercialização, compra de matéria prima, divulgação, acesso das pessoas, formação e plano de negócio para que elas consigam gerar renda e sobreviver desse trabalho”, detalhou Cleusa.

Durante a sessão foi aprovada a Indicação nº 30/2016, de autoria do vereador Pedro Góis (PSC), solicitando ao Executivo Municipal a criação de um departamento para tratar de assuntos estratégicos de redução de drogas no município. O objetivo é promover conversas participativas para mais informação e formulação de propostas, contando com apoio de entidades.

“Precisamos ter um departamento para afunilar todos os assuntos pertinentes, como prevenção e projetos de entidades e do Poder Público, que tenha um coordenador e um local próprio para que a população possa ter a quem recorrer, incluindo nesse processo os conselhos e entidades para que, de maneira organizada, sejam alcançados os objetivos que a sociedade almeja”, explicou Góis.

Na sessão de ontem, os vereadores indicaram, através de requerimento, uma comissão especial para analisar a concessão de Moção de Aplausos à Secretaria de Saúde pelos trabalhos de combate ao Aedes Aegypti.

Quanto ao projeto que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentária – LDO 2017, as comissões do Legislativo devem discutir nos próximos dias. “É um projeto que vem todo ano para a Câmara, que será bastante estudado pelos vereadores, exposto à comunidade em audiência pública e depois vai pra votação no plenário”, informou o presidente da Câmara, vereador Dirceu Cosma (PV).

A próxima sessão ordinária será realizada no dia 09 de maio, às 17 horas, no auditório da Câmara Municipal.

 

Fonte Assessoria