Mato Grosso, Quarta-Feira, 23 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
"ARREBENTARAM

"Arrebentaram as contas do Estado", diz Taques sobre não conceder reajuste aos servidores

Marcia Jordan

24/05/2016 às 17:19

"Arrebentaram as contas do Estado", diz Taques sobre não conceder reajuste aos servidores

8a39340eceaab89ab16eb456b3a4bff6Pregando serenidade, o governador Pedro Taques (PSDB) declarou nesta terça-feira (24) que não vê possibilidades viáveis de autorizar o pagamento do RGA (Reajuste Geral Anual) de 11,28% no salário dos servidores públicos. Isso porque automaticamente não conseguiria pagar a folha salarial do mês de junho.

O governador destacou que a concessão do reajuste resultará num acréscimo de R$ 630 milhões na folha de pagamento até o final do ano.

Além disso, afirma que avaliou medidas com a equipe econômica e não foi encontrada soluções. “No Rio de Janeiro, estão demitindo servidores em fase de estágio probatório. Aqui não posso fazer isso. Dos 8 mil funcionários que estão nesta condição todos estão lotados na segurança pública”, disse.

Taques ainda ressaltou que houve uma concessão de benefícios aos servidores públicos nos últimos anos que inflacionou a folha de pagamento. Por isso, pede compreensão neste momento que o Brasil é dominado pela crise econômica e atinge diretamente os Estados.

“O custeio da máquina já está no osso. Os gastos com pessoal estão acima de 49%. Chegamos a essa situação porque entre 2014 e 2015 deram tantos benefícios aos servidores que arrebentaram as contas do Estado”, disse.

O governador ressaltou ainda seu compromisso em manter diálogo com os servidores públicos e espera avançar nas negociações com o Fórum Sindical. “Muitos lá fora dizem que sou centralizador e autoritário. Pelo contrário, tanto que promovemos 102 reuniões, todas registradas em ata. Todo direito de manifestação é legítimo e não posso atentar contra esse direito do servidor público que é válido a qualquer cidadão”.

O governador garantiu já ter recursos para pagar o salário de maio, que será depositado na conta dos servidores no próximo dia 31.

 

 

 

Fonte Folhamax