Mato Grosso, Segunda-Feira, 21 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
VIGILÂNCIA

Vigilância Sanitária de Alta Floesta apreende 350 kilos de carne irregular

Marcia Jordan

24/05/2016 às 17:47

Vigilância Sanitária de Alta Floesta apreende 350 kilos de carne irregular

arquivos_853_conteudo_posts_363058_jpg_350_350_1_0__A Prefeitura de Alta Floresta por meio da Vigilância Sanitária apreendeu com a ajuda das polícias civil e militar, 350 kilos de carne bovina irregular.

Segundo o gerente da Vigilância Sanitária, José Aparecido de Souza, só foi possível realizar uma investigação com a ajuda da polícia que por sua vez conseguiu atuar o flagrante no estabelecimento devido a denuncia feita por um cidadão.

José Aparecido alerta para o perigo que a comercialização desta carne pode causar para saúde da população, geralmente o abate é realizado por meio clandestino sem um lugar apropriado para este tipo de serviço. Contudo, mesmo se fosse, não seria permitido, porque esta prática tem que ser realizada sobre inspeção de segurança estadual e federal.

“Além de a carne ser de origem clandestina e proibida no município, o risco que a população tem em ficar doente é muito grande devido às condições que ela é transportada, que geralmente é em cima de caminhonete em lona sem refrigeração, também no estabelecimento fica exposta, no período de desossa, em ambientes que nem sempre é climatizado, tornando a carne imprópria ao consumo.

No entanto, nesta ação recebemos queixa de alguns consumidores que estavam tendo problemas de saúde, por meio desta denuncia apreendemos a carne e aplicamos multa ao estabelecimento”, destacou Aparecido.

O comércio que foi notificado e multado não será fechado no primeiro momento, sobretudo, se houver uma segunda denúncia o estabelecimento responderá criminalmente, além de ser solicitado seu fechamento.

Um alerta muito importante realizado pelo gerente da Vigilância Sanitária a população, é que continuem fazendo a denúncia, pois, além de contribuir com o trabalho da vigilância, a saúde de todos depende destas atitudes, a carne contaminada poderá levar o indivíduo a morte.

A denúncia poderá ser feita de forma anônima pelo telefone, (66) 3903-1241, todas serão atendidas dentro da possibilidade da vigilância, sem divulgação do nome da pessoa.

 

 

Fonte Assessoria