Mato Grosso, Terça-Feira, 27 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
TRAGÉDIA NO CAMPO

Agrônoma da Amaggi morre após ser atropelada por pulverizador

Luciana Santos estava em uma moto, quando caiu e foi atropelada pelo pulverizador da fazenda

Da Redação

24/06/2021 às 10:47

Agrônoma da Amaggi morre após ser atropelada por pulverizador
reprodução

A engenheira agrônoma Luciana Santos de Almeida, de 24 anos, morreu após um acidente na fazenda Água Quente, do Grupo Amaggi, em Sapezal (a 499 km de Cuiabá), na quarta-feira (23). Ela estava em uma moto na propriedade quando caiu e foi atropelada por um pulverizador. 

Conforme apurado,  o pulverizador passou na cabeça da engenheira agrônoma, que morreu no local. Luciana trabalhava como assistente de pesquisa agrícola na fazenda desde março deste ano. Ela estava morando em um alojamento da propriedade em Água Quente. 

O corpo está no IML de Campo Novo do Parecis e, em seguida, será levado para Cáceres, onde mora a família de Luciana. Ela será enterrada no município. 

 

 

Por Bruna Barbosa