Mato Grosso, Terça-Feira, 27 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
SECITEC

Escola Técnica de Sorriso poderá ofertar curso superior de engenharia de pesca

Sorriso está prestes a se tornar uma referência em formação profissional.

Da Redação

23/06/2021 às 15:34

Escola Técnica de Sorriso poderá ofertar curso superior de engenharia de pesca
Michel Ferreira

Em visita a Sorriso, na segunda-feira (21), o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec), Nilton Borges Borgato, anunciou a destinação de R$ 4,5 milhões para a retomada das obras da Escola Técnica (ETE), no bairro Industrial, na Zona Leste.

 Paralisado desde 2009, o projeto original prevê a construção de 12 salas de aula, 11 laboratórios, um laboratório especial, um auditório com capacidade para 150 pessoas, quadra poliesportiva, biblioteca, centro de convivência (refeitório e jardins), além de salas para os setores administrativos e pedagógicos, totalizando 5.537 m² construídos e com capacidade para atender 2,5 mil estudantes.

 Para o deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC), que acompanhou a visita, a conclusão das obras da escola técnica representa um avanço no processo de qualificação de jovens e adultos.

 Como exemplo, o parlamentar citou as tratativas junto à Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) para a abertura do primeiro curso de engenharia de pesca do estado.

 “Há algum tempo a gente vem debatendo essa possibilidade com a reitoria da universidade. O fato é que somos um estado carente em mão de obra em diferentes segmentos da economia e a forma mais eficaz de revertemos essa situação é através de investimentos em educação”, assinala Dal Molin.

 “As futuras instalações da escola técnica são perfeitas e possibilitam o uso compartilhado com outras instituições de ensino. Nossa proposta é que esse espaço também seja utilizado na formação superior e não apenas de nível técnico”, complementa.

 “Por determinação do governador Mauro Mendes já ‘seguramos’ parte dos recursos no orçamento para concluirmos obras em três municípios, e Sorriso está nessa lista. São mais de R$ 11 milhões destinados para a qualificação de jovens e adultos”, avalia o secretário Nilton Borges.

 O gestor repassou também as orientações do estado sobre a implementação do Parque Tecnológico em Sorriso e do Centro de Inovação do Parque Tecnológico de Várzea Grande. “Já saiu uma equipe daqui [Sorriso] e foi até Cuiabá pra saber o que é como funciona um parque tecnológico. As vezes a gente fala, bom é uma coisa bacana, bonito, mas é preciso saber como se aplicar isso aqui em Sorriso é de fundamental importância”, concluiu.

 Ao todo, a Secitec possui nove escolas técnicas nas cidades de Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Poxoréu, Tangará da Serra e Cuiabá, que atualmente funciona na Escola de Saúde Pública do Estado. Outras duas unidades, nos municípios de Matupá e Juara, estão em fase de conclusão.