Mato Grosso, Terça-Feira, 27 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
CORONAVÍRUS

85 doses da AstraZeneca são aspiradas e furtadas de PSF em Lucas do Rio Verde

A denúncia foi feita na noite de ontem (22) pela secretária de saúde do município

Da Redação

23/06/2021 às 08:54

85 doses da AstraZeneca são aspiradas e furtadas de PSF em Lucas do Rio Verde
reprodução

A Polícia Civil de Lucas do Rio Verde, investiga o furto de 85 doses de vacina da AstraZeneca, do PSF do bairro Rio Verde. A denúncia veio à tona na noite de ontem (22) quando a gestão descobriu que os imunizantes foram aspirados dos frascos, que foram deixados para trás. A secretária de Saúde do município Fernanda Heldt Ventura registrou o BO e ressalta que a vacina só dura 6 horas após o frasco ter o lacre rompido.

Consta na denúncia que a situação foi descoberta no final do dia de vacinação desta terça, após contagem do estoque. Ao ser comunicada, a secretária se deslocou até a delegacia. No PSF em questão houve a vacinação de 120 pessoas com comorbidades nesta terça e mais 120, do mesmo grupo de prioridade, estão agendadas para hoje (23).

Segundo o BO, as doses foram levadas para o PSF na segunda (21), ao final do dia. Como o conteúdo foi aspirado e uma equipe estava vacinando, ninguém percebeu o furto de imediato. "No momento em que as doses foram entregues, elas estavam num invólucro lacrado. E isso foi conferido e confirmado pela pessoa que recebeu ali no PSF Rio Verde. Então, a gente sabe que elas saíram da Vigilância e chegaram no PSF lacradas. Elas foram colocadas em uma sala trancada", detalha a secretária.

Mas, no final do dia desta terça (22), a equipe, ao verificar o estoque, notou que 17 frascos estavam vazios. Consta ainda no BO que no local não foram encontradas janelas e nem portas arrombadas. 

A secretária faz um apelo à população para que denuncie qualquer informação sobre o caso à polícia ou à prefeitura. “Nós também vamos investigar dentro da prefeitura porque é um órgão público, é um prédio público. Então, nós temos as escalas dos profissionais, de todo mundo que entrou, que saiu. Vamos investigar”.

Para tanto, será instaurada uma sindicância interna para apurar o caso. O Ministério Público também foi informado sobre o caso. Em nota, a gestão garante que a vacinação de hoje está mantida e adinta que vai solicitar ao governo o acesso a doses da chamada reserva técnica, para "reaver o quantitativo perdido e não causar prejuízos àqueles que receberiam as doses furtadas".

Confira abaixo a nota da prefeitura sobre o caso:

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde esclarece que registrou Boletim de Ocorrência, nesta terça (22), após constatar a ausência de 84 doses da vacina contra a Covid-19 da marca AstraZeneca. Os imunizantes estavam em um PSF, onde seriam utilizados para vacinação por agendamentos.

A Secretaria Municipal de Saúde explica que todas as doses de imunizantes recebidas semanalmente ficam centralizadas na Vigilância em Saúde, de onde são redistribuídas aos PSFs à medida em que os agendamentos são realizados.

A unidade básica de saúde em questão foi abastecida com 210 doses, total que seria suficiente para os agendamentos de terça e quarta-feira. Desse número, cerca de 90 doses já haviam sido aplicadas. No final da tarde, ao conferir o estoque, trabalho que é feito diariamente, e perceber 17 frascos vazios, uma das servidoras da unidade entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde. Uma equipe da Polícia Civil foi acionada para fazer o registro da ocorrência e isolamento do local. A Secretaria informa que a sala do PSF onde ficam os imunizantes não tinha câmera ou controle de acesso.

Conforme a Procuradoria Municipal, será instaurada uma sindicância interna para apurar o caso e todas as medidas cabíveis serão tomadas conforme decorrer do processo. O Ministério Público também já foi informado sobre o caso. O Município segue acompanhando a investigação da Polícia para prestar esclarecimentos à população.

A Secretaria de Saúde informa ainda que a vacinação por agendamento prevista para esta quarta-feira não será prejudicada. 

A Prefeitura fará as devidas solicitações ao Governo do Estado a fim de obter uma reserva técnica, reaver o quantitativo perdido e não causar prejuízos àqueles que receberiam as doses furtadas. Reiteira ainda que o compromisso em manter a transparência com a sociedade luverdense, a Prefeitura salienta que, de acordo com o painel de distribuição de vacinas do Governo do Estado de Mato Grosso, dos 141 municípios, Lucas do Rio Verde é o quinto colocado com maior índice de aplicação de vacinas, sendo 78% dos imunizantes já aplicados em primeira e segunda dose. As demais doses ainda em reserva são destinadas à segunda dose ou aguardam agendamento por pré-cadastro.

No portal exclusivo para Coronavírus, no site da Prefeitura, em “Transparência”, é possível acompanhar todo o processo de recebimento e destinação de doses do município pelos documentos oficiais do Ministério da Saúde e Governo do Estado de Mato Grosso. No “Vacinômetro”, todas as doses já aplicadas e à quais públicos foram destinados.

 

 

Bárbara Sá - RD News