Mato Grosso, Terça-Feira, 27 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
OPERACÃO ZENFONE POWER

Polícia Civil cumpre 30 mandados de busca em operação de combate à receptação de celulares

Os mandados foram cumpridos em diversos bairros de Várzea Grande

Da Redação

16/06/2021 às 18:03

Polícia Civil cumpre 30 mandados de busca em operação de combate à receptação de celulares
PJC

Com objetivo de reprimir crimes de receptação de aparelhos celulares provenientes de roubos e furtos, a Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG) deflagrou na manhã desta quarta-feira (16.06), a Operação Zenfone Power.

Na operação, foram cumpridas 30 ordens judiciais de busca e apreensão domiciliares em diversos bairros de Várzea Grande, resultando na recuperação de 14 aparelhos celulares. As pessoas flagradas em posse dos telefones foram autuadas em flagrante pelo crime de receptação.

Um dos aparelhos recuperados está ligado aos crimes de roubo a residência, ocorrido no dia 17 de março, por volta das 18h30, no bairro Jardim Icaraí. Na ocasião, dois homens em posse de armas de fogo invadiram a residência e renderam a família, incluindo uma criança.

Durante o assalto, os criminosos subtraíram diversos objetos e aparelhos eletrônicos, como notebook, Playstation, três celulares e oito correntes de ouro. Questionado sobre a origem do telefeone, o receptador confessou que comprou o aparelho roubado dos autores do assalto, os quais foram presos pela equipe da Derf-VG no mês de maio.

Outro aparelho recuperado está relacionado ao furto ocorrido no dia 08 de março, em uma loja de eletrodomésticos, na região Central de Várzea Grande. Na ocasião, o suspeito se passando por cliente foi até a loja, distraiu a atenção do funcionário do estoque, enquanto o comparsa furtou alguns aparelhos celulares.

Os receptadores dos aparelhos afirmaram que compraram os celulares através do site OLX, e apresentaram a nota fiscal que alegaram ter recebido dos vendedores, porém, os documentos eram falsos.

Também foi recuperado durante a ação um aparelho celular furtado no dia 13 de junho, ocasião em que a vítima moradora do bairro Ouro Branco contratou um montador de móveis, que subtraiu a quantia de R$ 300 e o aparelho celular da vítima R$ 1,5 mil, o qual foi vendido por R$ 300 para a receptadora.

Segundo as investigações da Derf-VG, o falso montador de móveis é conhecido no mundo do crime, agindo com o mesmo modo de ação para a prática de furtos. O suspeito anuncia os serviços de montagens de móveis nos sites e páginas de redes sociais, vai até a casa das vítimas, sob o pretexto de prestar os serviços, mas com o verdadeiro intuito de praticar furtos, atuando em Cuiabá e Várzea Grande com o mesmo modo de ação”, disse a delegada.

A delegada, Elaine Fernandes de Souza, explica que atualmente ter um aparelho celular furtado ou roubado é um transtorno gigantesco para vítimas, em especial no contexto atual, em que os celulares são utilizados como instrumentos de trabalho.

"Nesta época de Pandemia, muitas famílias utilizam o aparelho celular para os filhos assistirem as aulas on-line, porque não possuem computador ou notebook. Muitas vezes, o smartphone é o bem mais caro que a pessoa possui e geralmente é comprado em várias parcelas, porém a vítima acaba ficando somente com o carnê”, disse.

A Derf-VG alerta as vítimas para que em casos de roubos e furtos de aparelhos celulares, não solicitem o bloqueio do aparelho.