Mato Grosso, Segunda-Feira, 26 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
MOVIMENTOS

Movimentos sociais fecham cinco pontos de rodovias federais e cobram políticas agrárias

Marcia Jordan

20/06/2016 às 09:57

Movimentos sociais fecham cinco pontos de rodovias federais e cobram políticas agrárias

IMG_9232(1)O Movimento Luta pela Terra (MLT) – que reúne associações e organizações em defesa pela reforma agrária – realiza a partir desta segunda-feira, 20, uma série de protestos em Mato Grosso com o fechamento de rodovias federais.

Das 8h às 10h40 e das 14h às 16h, o trânsito será fechado na BR-163, no km 898, no município de Claúdia e também em Rosário Oeste. Haverá interditação ainda da BR-364, no município de Rondonópolis, na BR-070 em Barra do Garças, na rodovia 158, em Nova Xavantina

O protesto, segundo documento encaminhado pelo movimento à Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), será efetuado ainda nos dias 21 e 22, sempre nos mesmos horários.

Leia Mais:
MST bloqueia rodovias de Mato Grosso em protesto contra impeachment

Ainda conforme o documento, os integrantes do movimento – que agrega a cerca de 30 mil trabalhadores em todo país – exigem a liberação de verbas para aquisição de cestas básicas, conclusão de processos de implantação de assentamentos, além da disponibilidade de recursos e assistência técnica para assentamentos.

Pedem ainda a retomada do programa Luz para Todos. No total, são 17 pontos citados no documento, sendo que o último deles trata-se de um encontro com a presidência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

A Polícia Rodoviária Federal informou que uma equipe encontra-se em deslocamento para monitorar a situação nos trechos.

 

 

Fonte Patricia Neves