Mato Grosso, Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
CÂMARA

Câmara apresenta LDO 2017 com emendas em audiência pública

Marcia Jordan

22/06/2016 às 09:39

Câmara apresenta LDO 2017 com emendas em audiência pública

Com a audiência, a Câmara possibilitou a oportunidade de contribuição dos luverdenses na elaboração do orçamento municipal

_MG_0848A Câmara Municipal de Lucas do Rio Verde realizou, na noite desta terça-feira (21), a audiência pública para debater a Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO 2017. O projeto, que apresenta as estimativas de receitas, vem sendo discutido pelos vereadores e equipes da prefeitura nas últimas semanas.

Para 2017, a estimativa de orçamento do município é de R$ 218 milhões, incluindo receitas próprias, convênios e repasses constitucionais dos governos Estadual e Federal. A apresentação da LDO foi feita pelo vereador Gilson Baitaca (PSB).

“O que temos agora é uma apresentação global com o orçamento dividido por secretaria e autarquia com as metas propostas. A maior parte desse recurso é utilizada para o custeio da máquina pública, como pagamento de folha, entre outros. Com a crise atual, é preciso fazer mais com menos recursos, elaborar bons projetos e pensar na sociedade como um todo. O valor é variável, pode ter redução, em função de não arrecadação, ou ainda ter superávit, e o município precisa estar preparado para lidar com essa oscilação de receita com muito planejamento”, explicou o vereador durante a audiência.

O Legislativo Municipal apresentou quatro emendas ao projeto propondo melhorias nas áreas de educação, infraestrutura e assistência social. As solicitações da vereadora Cleusa de Marco (PT) são a construção de um novo Cras e a realização de um diagnóstico social. Já o vereador Pedro Góis (PSC) apresentou a proposta de implantação de energia solar em prédios públicos e a distribuição de material escolar gratuitamente para crianças em situação de vulnerabilidade social.

Apesar de poucos presentes, a audiência contou com participação popular. Representantes do Clube do Idoso De Bem com a Vida solicitaram à Câmara apoio no requerimento de auxílio financeiro junto aos Executivo para custear despesas mensais da entidade.

O projeto da LDO 2017 com emendas segue para votação dos vereadores e na sequência retorna ao Executivo Municipal, que passa a elaborar a Lei Orçamentária Anual – LOA 2017.

“Com a LOA estaremos mais próximos da realidade financeira, pois saberemos exatamente os projetos previstos por cada secretaria e autarquia e os valores destinados a cada ação do Executivo Municipal”, comentou Baitaca.

 

 

Fonte Assessoria