Mato Grosso, Sábado, 17 de Abril de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
BRASILEIRÃO SÉRIE A

Athletico vence, mantém posição na tabela, e Sport fica sem vaga na Sul-Americana

Furacão marca com Nikão e Cittadini, fica em 9º lugar

Da Redação

26/02/2021 às 09:59

Athletico vence, mantém posição na tabela, e Sport fica sem vaga na Sul-Americana

Athletico e Sport entraram em campo com metas distintas, mas a equipe mandante terminou com a melhor ao vencer por 2 a 0 - com gols de Nikão e Léo Citaddini. O Rubro-negro pernambucano ainda chegou a marcar com Thiago Neves, mas o lance estava impedido e terminou sendo anulado após checagem no VAR. Na despedida do Brasileirão 2020, o Furacão manteve a posição e ficou com a vaga direta na terceira fase da Copa do Brasil, enquanto o Leão perde a classificação para a Sul-Americana, mas tem a permanência confirmada para a Série A 2021.

O Athletico termina o Brasileiro na 9ª posição, com 53 pontos, e garante vaga direta na terceira fase da Copa do Brasil. O Sport, por outro lado, fica em 15º lugar - com 42 pontos - porque foi ultrapassado pelo Bahia, que venceu o Santos na rodada final. Com isso, o Leão fica sem a vaga da Sul-Americana - mas está garantido na Série A 2021.

Com o término do Brasileirão 2020, as equipes agora entram em campo novamente por outras competições - válidas pelas temporada de 2021. O Athletico visita o Cianorte, no sábado, pelo Campeonato Paranaense, enquanto o Sport enfrenta o Sampaio Corrêa, no domingo, pela Copa do Nordeste.

Nikão e Leo Cittadini foram os responsáveis pelos gols que deram a vitória ao Athletico. Um no início e outro no fim. Aos seis minutos, o atacante abriu o placar e assumiu a artilharia do clube na temporada - com nove gols, ao lado de Bissoli. Aos 40, foi a vez de Cittadini, que aproveitou o cruzamento de Khellven para cabecear no fundo das redes.

Thiago Neves virou carrasco dos paranaenses ao marcar dois gols em dois jogos nesta Série A, contra Coritiba e Athletico - ainda no primeiro turno. Nesta quinta-feira, o meia-atacante balançou as redes sobre o Furacão de novo, mas terminou frustrado pelo VAR. Ele estava impedido, com um minuto do segundo tempo, e teve o lance anulado após checagem no vídeo.