Mato Grosso, Sábado, 28 de Novembro de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
CLAUDIA

Decreto flexibiliza as atividades de Cláudia devido à baixa contaminação de Covid-19

O documento traz ainda o alerta de que, no caso de registro de aumento, novas medidas serão tomadas.

Da Redação

21/10/2020 às 09:18

Decreto flexibiliza as atividades de Cláudia devido à baixa contaminação de Covid-19
reprodução

A Prefeitura de Cláudia divulgou, por meio do decreto publicado no último dia 14, as novas regras de flexibilização por conta da Covid-19. 

De acordo com o documento, está permitida a realização de eventos com até 100 pessoas internamente, desde que respeitadas as medidas de segurança como distanciamento social de um metro, uso de máscaras, disponibilidade de álcool 70% para os participantes e demais medidas de segurança preconizadas pelo Ministério da Saúde. 

O documento também leva em consideração o tamanho do local onde o evento será realizado, lembrando sempre da capacidade máxima de 50% do total que o local permite de lotação. 

As novas regras também se aplicam a eventos religiosos e coorporativos. 

Em ambiente aberto, o limite de pessoas passa ser de 200 na lotação máxima com as mesmas ressalvas de distanciamentos sociais e cuidados já citados. 

O decreto lembra ainda da restrição de circulação de pessoas infectadas com a Covid-19, sejam aquelas com apenas sintomas ou suspeitos ativos. 
“Estabelecimentos públicos e privados em locais adequados, água e sabão e/ou álcool na concentração de 70%, lavagem e desinfecção frequente das mãos no estabelecimento, independentemente se funcionários, consumidores ou usuários; - Eventos sociais com no máximo 100 (cem) pessoas por evento, respeitado o limite de 50% (cinquenta local, tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5m (um metro e meio) entre pessoas; Eventos corporativos com no máximo 200 (duzentas) pessoas por evento, respeitado o limite de 50% (cinquenta por cento) da capacidade máxima do local, tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5m (um metro e meio) entre pessoas;” diz trecho do documento. 

O documento ainda deixa claro que conta com apoio da Polícia Militar para fazer a fiscalização. 
“A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso deve atuar de forma ostensiva no apoio aos fiscais municipais para garantir o cumprimento das medidas restritivas adotadas por judicial, conforme disposto no art. 6º 2020, incluído pelo Decreto nº 532, de do Estado de Mato Grosso”.