Mato Grosso, Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
SINOP

Estado é condenado a pagar indenização de 100 mil por demora em laudo sobre morte de criança.

Estado ainda pode recorrer

Marcia Jordan

02/10/2020 às 09:17

Estado é condenado a pagar indenização de 100 mil por demora em laudo sobre morte de criança.
reprodução

O Estado de Mato Grosso foi condenado em 100 mil reais e juros de 1% ao dia por demora na divulgação do laudo sobre a morte de Lariane Vitória Beno Soares, 11 anos. O corpo da menina foi encontrado no dia 27 de maio de 2017 em avançado estado de decomposição entre os bairros Vitória Régia e Boa Esperança. Durante quase 7 meses o corpo ficou no Instituto Médico Legal aguardando liberação. Na época eles alegaram falta de reagente químico essencial para a realização de exames de DNA, que são feitos em Cuiabá e também pelo elevado número de laudos acumulados no instituto.

Com a demora, a mãe da menina, Glauciane Bueno entrou na justiça em agosto do mesmo ano alegando descaso. Já estamos sofrendo com a morte e ainda ter que esperar tanto tempo para que o laudo seja feito. O caso foi julgado pelo Juiz da 6ª Vara da Comarca da Comarca de Sinop, Dr Mirko Vincenzo Gianotte, que julgou procedente a ação

O Estado foi condenado em 100 mil reais em parcela única e 1% de juros ao mês a partir da publicação da sentença. O Estado ainda pode recorrer.

O Corpo de Lariane foi liberado em novembro. A politec conseguiu identificar a vítima, porém não concluiu a causa da morte.