Mato Grosso, Domingo, 25 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
GOVERNADOR

Governador pede a secretários para “virar a chave” a partir de agosto

Marcia Jordan

25/07/2016 às 20:34

Governador pede a secretários para “virar a chave” a partir de agosto

9ef68bc09e013ab1d7d9ff9e74c42773O governador Pedro Taques (PSDB), acompanhado pelo vice Carlos Fávaro (PSD), reuniu o secretariado, na manhã desta segunda (25), para pedir uma nova dinâmica de atuação a partir da primeira semana de agosto quando começará a ser implementada a segunda etapa da reforma administrativa.

“Chegou a hora de virar a chave”, disse o tucano se referindo às mudanças que devem agilizar o andamento das ações governamentais a partir do próximo mês, após o período tenso com as dificuldades enfrentadas no primeiro semestre, como, por exemplo, nas greves de servidores pela Revisão geral Anual (RGA) .

Taques também oficializou que o adjunto de Desenvolvimento do Turismo Luiz Carlos Nigro (PSDB) assumirá a chefia da Casa Civil enquanto Paulo Taques será remanejado para o Gabinete de Articulação Política. A nova estrutura ainda terá o reforço de Paola Reis (PSDB), atual adjunta de Relações Políticas.

Na reunião, Taques reafirmou que Nigro terá a missão de zelar pelo bom andamento da máquina administrativa, acompanhando a execução dos programas governamentais e cobrando a observância das metas estabelecidas no chamado Contrato de Gestão. O documento foi assinado por cada secretário no ato de nomeação.

Já Paulo Taques continuará responsável pela interlocução com os Poderes e a sociedade civil à frente do Gabinete de Articulação Política. Na reunião, o governador chegou a dizer que as reclamações sobre falhas no diálogo político foram causadas pelo acúmulo de funções na Casa Civil.

Além disso, Taques anunciou que a segunda etapa da reforma administrativa, que resultará na extinção da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) e dos Gabinetes de Assuntos Estratégicos e Desenvolvimento Regional, será encaminhada à Assembleia já na próxima semana. A finalização da peça está Sob a coordenação dos secretários Paulo Taques, Marco Marrafon (Educação); Gustavo de Oliveira (Planejamento); Seneri Paludo (Fazenda) e Patryck Ayala (Procuradoria Geral do Estado).
Finanças

No encontro, Taques voltou a falar que a crise financeira que atinge o país tem reflexos em Mato Grosso e pediu que o secretariado não perca de vista a economia de recursos públicos. “A ordem é continuar buscando fazer mais com menos”, concluiu o governador.

 

 

 

Fonte RDnews