Mato Grosso, Terça-Feira, 27 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
DEPUTADOS,

Deputados, ex-prefeitos e ex-secretários compõem lista suja de 377 do TCE

Marcia Jordan

11/08/2016 às 20:22

Deputados, ex-prefeitos e ex-secretários compõem lista suja de 377 do TCE

1266ed28d37e0cd27250dc0491acba3dO Tribunal de Contas de Mato Grosso apresentou na tarde de hoje uma lista com 377 nomes de gestores públicos que tiveram contas reprovadas pelo orgão nos últimos anos. Os documentos foram encaminhados ao Tribunal Regional Eleitoral e poderia barrar vários candidatos se não fosse uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) tomada na noite de ontem que transferiu as câmaras municipais a palavra final sobre contas de prefeitos.
A Lei da Ficha Limpa impede que condenados por desvio de recursos públicos em colegiado sejam candidatos, mas posição dos ministros da Corte Suprema mudou praticamente o entendimento, transformando a lista do TCE praticamente nula. A lista inclui vários ex-prefeitos, ex-secretários e ainda os deputados estaduais Saturnino Masson (PSDB), ex-gestor em Tangará; Oscar Bezerra (PSB), ex-prefeito de Juara; e o suplente Meraldo Sá (PSD), ex-prefeito de Acorizal.
Primeiro suplente na Assembleia Legislativa, o ex-prefeito de Nova Bandeirantes, Valdir Mendes Barranco (PT), ainda segue inelegível para o TCE. O petista tenta assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa no lugar do deputado estadual Pery Taborelli (PSC) e teve os votos “congelados” justamente pelos problemas de gestão como prefeito.
A lista inclui o atual prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra (PMDB), que teve as contas reprovadas do ano de 2014. Também aparecem como eventual inelegíveis os ex-presidente da Câmara de Cuiabá, Deucimar Silva (PP), Lutero Ponce (PMDB) e João Emanuel Moreira Lima, pelas contas reprovadas respectivamente nos anos de 2011 e 2013.
Em Chapada dos Guimarães, os ex-prefeitos Gilberto Mello (PR), José de Souza Neves (PSDB) e Flávio Daltro (PSD) e o atual Lisu Korbestein (PSDB) constam com problemas. Mello é o único deles que tenta ser candidato novamente ao comando da cidade neste ano.
O “campeão” em problemas com o TCE é o ex-secretário de Cultura de Mato Grosso, João Carlos Vicente Ferreira, que tem 55 tomadas de contas que geraram dano ao erário. Em Várzea Grande, estão com problemas junto ao tribunal os ex-prefeitos Murilo Domingos (PR), “Tião da Zaeli” (PSDB) e Wallace Santos Guimarães (PMDB). Toda lista do TCE será analisada pela Justiça Eleitoral.