Mato Grosso, Sábado, 18 de Setembro de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PLANO

Plano Agro + diminui burocracia no ministério da Agricultura

Marcia Jordan

25/08/2016 às 07:22

Plano Agro + diminui burocracia no ministério da Agricultura

image3490291O deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, participou nesta quarta-feira (24), no Palácio do Planalto, da solenidade de lançamento do Plano Agro +, do ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e que contou com a presença do presidente Michel Temer.

O plano é formado por um conjunto de 69 medidas que visam diminuir a burocracia e modernizar normas e procedimentos do Mapa, garantindo maior eficiência para impulsionar a competitividade do agronegócio.

Para chegar às 69 medidas da primeira fase do Plano Agro +, técnicos do ministério analisaram 315 demandas do setor. O resultado atende reivindicações de 88 entidades representativas do agronegócio brasileiro.

Entre as medidas anunciadas nesta quarta-feira estão o fim da reinspeção nos portos e carregamentos vindos de unidades com SIF, lançamento do sistema de rótulos e produtos de origem animal, alteração da temperatura de congelamento da carne suína (-18ºC para -12ºC), revisão de regras de certificação fitossanitárias, aceite de laudos digitais também em espanhol e inglês.

Para o deputado Nilson Leitão, todos ganham com a modernização proposta pelo Mapa. “A competência do agronegócio é indiscutível. Da porteira pra dentro há um trabalho de excelência. O problema estava justamente na relação burocrática com o governo. O plano apresentado hoje dará novo folego para o setor e para o próprio governo, haja vista que a modernização dará um ganho de eficiência estimado em R$ 1 bilhão por ano”, destacou.

A previsão do ministério é ampliar o plano no prazo de 60 e 120 dias quando novas normas e processos serão simplificados.

 

 

Fonte Assessoria