Mato Grosso, Terça-Feira, 21 de Setembro de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PROGRAMA

Programa de incentivo de Dalton vai atrair indústrias do agronegócio

Marcia Jordan

29/08/2016 às 16:06

Programa de incentivo de Dalton vai atrair indústrias do agronegócio

O candidato a prefeito de Sinop pelo Partido Progressista (PP), Dalton Martini, vai implantar no município um programa de incentivos à industrialização e transformação de commodities agrícolas em produtos industrializados. O chamado ‘PMI’ integra o plano de governo de Dalton e que foi apresentado à Justiça Eleitoral.

Pela proposta, o poder público municipal vai ofertar subsídios às grandes indústrias do agronegócio para que se instalem em Sinop e nela transformem grãos, cereais e fibras em estágio primário em produtos agregados. “Falando, por exemplo, só da soja, a maior parte do que é produzido no estado hoje é industrializado fora”, afirmou Dalton em referência aos dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA).

maxresdefault

Em julho, quando divulgou a segunda estimativa de oferta e demanda de soja em grão, o Imea projetava que de 27,8 milhões de toneladas produzidas em Mato Grosso, na safra 2015/16, 31% atenderiam ao mercado mato-grossense e aqui seriam esmagadas. O restante, consumido pelo mercado interestadual (15%) e as exportações (53%).
Segundo Dalton, Sinop está em uma posição estratégica para receber indústrias do setor agro. O município está no coração do Médio-Norte mato-grossense e ao lado de importantes produtores brasileiros de grãos como Sorriso (em soja, individualmente o maior do mundo), Lucas do Rio Verde e Nova Mutum. Só na safra 2015/16 a região produziu quase 20 milhões de toneladas em soja e milho, de acordo com Imea.

“Temos condições ideais para o cultivo de grãos como temperatura, sol, terras e um relevo bom. Além disso, a produção é feita em larga escala, pois usa muita tecnologia. Mas perdemos na hora de levar nossa produção para fora do estado em função do frete. Com os grãos sendo processados em casa vamos, além de estimular a economia, gerar mais emprego e renda para a população”, afirmou.

As indústrias atraídas pelo PMI vão ser instaladas em um novo Distrito Industrial que será criado às margens da BR-163, voltado para grandes empresas. “A sinergia será grande, pois estas indústrias terão outro atrativo para estar em Sinop: é a ferrovia Ferrogrão, que levará a produção agrícola desta região até o Miritituba (PA)”, conclui Dalton.

 

 

Fonte Assessoria