Mato Grosso, Terça-Feira, 22 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
CIDADE

Cidade de MT pode eleger prefeito com apenas 319 votos; motoristas enfrentam milionário

Marcia Jordan

12/09/2016 às 08:11

Cidade de MT pode eleger prefeito com apenas 319 votos; motoristas enfrentam milionário

araguainha(4)A eleição no município de Araguainha (471 km de Cuiabá), no interior de Mato Grosso, guarda números interessantes. O menor colégio eleitoral do país tem três candidatos a prefeito disputando os 954 votos dos munícipes.

Um candidato pode acabar eleito tendo apenas 319 votos. Isso se todos os eleitores aptos a votar comparecerem às urnas, caso contrário, o próximo chefe do Executivo pode acabar sendo escolhido com um número ainda menor de sufrágios.

Outra particularidade da eleição no município é a renda dos candidatos. Enquanto um candidato declarou bens que superam a soma de R$ 1 milhão, outro afirmou à Justiça Eleitoral que o único bem que possuí é um veículo Gol, ano 1995, avaliado em R$ 9 mil.

No menor colégio eleitoral do país, todos os candidatos a prefeito se apresentam com nome no diminutivo: Silvinho (PSD), Netinho (PTB) e Chiquinho (PPS). O mais rico é o petebista, que é um pecuarista que concorre em uma chapa pura, e declarou uma fazenda, uma casa e parte de um residencial, que totalizam R$ R$1,2 milhão. Seu vice, Gelison, não cadastrou bens.

Também disputa na cidade um motorista de transporte coletivo. Filiado ao PSD, Silvinho concorre com o apoio de PSB e PRB. Ele declarou R$ 100 mil em bens à Justiça Eleitoral. Seu vice, Adilson, também do PSD, declarou R$ 34 mil em bens.

O terceiro candidato é o motorista de transporte de carga Chiquinho, que declarou apenas o veículo Gol como bem. Ele tem como vice o tucano Ronildo, que não informou sua profissão, e declarou uma casa, dois terrenos e dois automóveis que totalizam R$ 115 mil.

O município

Araguainha tem cerca de 1,2 mil habitantes, mas apenas 954 eleitores. De acordo com a Prefeitura, a principal atividade econômica da cidade é a pecuária extensiva. O último censo agropecuário realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2006, revelou que o município possui um rebanho que supera 234 mil bovinos.