Mato Grosso, Quarta-Feira, 23 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ROBERTO

Roberto Dorner vai transformar lixão de Sinop em referência de reciclagem

Marcia Jordan

14/09/2016 às 17:28

Roberto Dorner vai transformar lixão de Sinop em referência de reciclagem

roberto-fernandoDar garantias de trabalho descente a todos os cidadãos sinopenses, é com este objetivo que o candidato a prefeito de Sinop Roberto Dorner, quer transformar o lixão da cidade em um centro de referência em reciclagem.

“Hoje o que vemos no lixão é uma situação degradante, principalmente as famílias que dependem diretamente do trabalho realizado lá, não podemos permitir que esta situação perdure.

Onde será que o poder público desta cidade está que nunca percebeu este absurdo? ”, questionou Dorner, indignado com a atuação situação vivida pelos trabalhadores do lixão, que não possuem sequer equipamentos de segurança colocando suas vidas em risco o tempo todo.

Dorner ainda destacou que se necessário irá buscar em outros estados trabalhos realizados na reciclagem para colocar em pratica na cidade.

“Sabemos que em outros lugares já foram implantadas cooperativas para o trabalho no lixão, a coleta seletiva, que é extremamente importante para garantir a otimização do trabalho. Com o apoio da prefeitura vamos garantir condições de vida para essas famílias. É um verdadeiro absurdo o que vemos hoje neste lixão”, relatou.

Para o catador Raimundo de Alencar a entrada no lixão veio após um longo período de desemprego, sem ter como sustentar a família ele optou pelo trabalho no local.

“Não é fácil, nós nos machucamos sempre, a nossa saúde é prejudicada, mas o que eu posso fazer? Tenho que sustentar a minha família e não tenho vocação para o crime, graças a Deus”, pontuou.

A catadora Ana Coito trabalha no lixão há mais de 10 anos, ela conta que os catadores estão esquecidos, e que nunca sequer receberam uma visita do poder público.

“Eles querem nos excluir sempre, tem nojo da gente. Outro dia meu irmão que também estava no centro da cidade foi receber um santinho das mãos da candidata a prefeita e ela pegou na pontinha com nojo dele. As pessoas tem que entender que as nossas famílias dependem disso. Eu vejo nos olhos do Roberto Dorner que ele ficou sentido com a nossa situação e vai nos ajudar. Nele eu confio”, contou.

Um dos lideres dos trabalhadores do lixão Jurandir da Rocha Barbosa, destaca que a desorganização do lixão acaba prejudicando a todos.

“Não é só os catadores que sofrem aqui, mas toda as pessoas. Os problemas aqui são muitos e afetam a todos, aqui pega fogo e não apaga, porque está tudo errado, tem que ter gerenciamento. As empresas de entulho joga tudo de qualquer jeito, enfim só com Roberto Dorner temos uma esperança de ver essa situação mudar.

Entorno é prejudicado com o problema do lixão

Os moradores da comunidade Nossa Senhora de Fátima clamam por ajuda, moradores mais próximos do lixão eles sofrem com o descaso no local.

A Agricultora Sabina Matei, relata que o movimento na estrada que da acesso a comunidade é intenso, causando um grande risco aos moradores por não ter nenhuma estrutura de trânsito na estrada.

“Os caminhões vem correndo de qualquer maneira, a estrada está acabada não tem condições de trafegar. Fora os problema de saúde que estamos enfrentando com essa fumaça aqui. Eu tenho um vizinho que tem o filho deficiente físico que ta com o problema agravado por conta dessa fumaça constante. Outra grande problema é que não temos ônibus circular aqui, para ir a cidade temos que dar o nosso próprio jeito. Precismos de mudança já”, desabafou.

Para a agricultora Vera Lúcia Besold, outro grande problema é as empresas de limpa foça que despejam os dejetos sem nenhum tratamento na área do lixão.

“Eu moro há nove meses aqui e já quero mudar, está insuportável viver no meio destes mosquitos, já peguei dengue o cheiro é horrível. Eu já busquei os agentes de saúde mas nunca ninguém vem aqui nem se pronuncia com nada”, destacou.

Vera ainda informou que colocou a sua casa para vender, “Não da para viver assim abandonado, mas agora vou esperar um pouco, por que se o Roberto ganhar as coisas vão mudar e poderei continuar com o sonho de ter a minha terrinha”, contou.

 

 

 

Fonte Assessoria