Mato Grosso, Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PRINCIPAIS

Principais municípios exportadores de Mato Grosso representam 56,1% dos embarques

Marcia Jordan

19/09/2016 às 10:07

Principais municípios exportadores de Mato Grosso representam 56,1% dos embarques

Administracao-dos-Portos-de-Paranagua-e-Antonina(3)Os dez principais municípios exportadores de Mato Grosso em 2016 representam juntos 56,1% dos US$ 9,351 bilhões embarcados pelo Estado entre janeiro e agosto.

Dos US$ 9,351 bilhões negociados no período US$ 5,251 bilhões eram provenientes dos principais municípios produtores. Somente de Sorriso US$ 1,149 bilhão foi escoado, possibilitando o 18º lugar no ranking nacional.

Os números constam na Balança Comercial Brasileira por Municípios, divulgada pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O resultado obtido pelos dez municípios de destaque no ranking nacional de US$ 5,251 bilhões supera em 10% os US$ 4,772 bilhões verificados no ano passado.

Sorriso permanece na liderança do Estado e ocupa o 18º lugar no ranking nacional com US$ 1,149 bilhão. O volume supera os US$ 924,4 milhões do período em 2015. Rondonópolis, apesar de ocupar a 30ª colocação no ranking brasileiro, apresentou recuo de R$ 890,06 milhões para US$ 766,6 milhões.

De acordo com a Balança Comercial Brasileira por Municípios, Nova Mutum é o 49º no ranking nacional com US$ 550,3 milhões, leve incremento ante os US$ 538,07 milhões do ano passado. Já Primavera do Leste é o 55º com US$ 490,7 milhões, acima dos US$ 427,6 milhões negociados entre janeiro e agosto de 2016.

Sinop é o 59º principal município exportador do Brasil registrando em 2016 US$ 449,9 milhões, acima os US$ 356,1 milhões de 2015. O ranking revela ainda Lucas do Rio Verde em 60º com US$ 433,2 milhões, acima dos US$ 319,4 milhões do ano passado.

Querência é o 72º município com US$ 382,5 milhões, Sapezal o 77º com US$ 358,8 milhões, Diamantino o 80º com US$ 349 milhões e Campo Novo dos Parecis em 87º com US$ 320,2 milhões.

Cuiabá caiu posições e ocupou o 107º lugar com apenas US$ 246 milhões não ficando entre os 10 principais exportadores de Mato Grosso.