Mato Grosso, Quinta-Feira, 24 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
HOMEM

Homem morre após vazamento de amônia no Frigorífico Frialto entre Matupá e Peixoto

Marcia Jordan

26/09/2016 às 09:18

Homem morre após vazamento de amônia no Frigorífico Frialto entre Matupá e Peixoto

5a18002d02d0588c7c8d4c337628e837.pngO fato ocorreu na manhã desta segunda-feira (26-09) por volta das 06h da manhã no Frigorífico Frialto localizado na BR-163 entre os municípios de Matupá e Peixoto de Azevedo.

Segundo informações funcionários estavam trabalhando quando houve um vazamento de gás de amônia, pessoas que estavam muito próximas do local passaram mal, foi constatado a morte de um homem identificado como Joelson Evangelista Costa e segundo funcionários a vítima era supervisor da desossa e morador de Peixoto.

Todos os feridos foram encaminhados para o Hospital Regional de Peixoto de Azevedo onde passam por tratamentos, os demais funcionários foram liberados de suas funções.

A amônia é um produto básico na indústria química e tem aplicações domésticas e industriais. Na indústria, a amônia é usada no refino de petróleo, como insumo na fabricação de produtos farmacêuticos e como gás refrigerante nos processos de resfriamento de câmaras frigoríficas e ar condicionado industrial.

A amônia é considerada um produto químico perigoso, corrosivo para a pele, olhos, vias aéreas superiores e pulmões.

A amônia tem um cheiro característico e, é irritante quando inalada, e o nariz é geralmente o primeiro a sentir os sintomas da exposição. Caso seja inalada, pode causar tosse, chiado no peito, falta de ar, asfixiar e queimar as vias aéreas superiores.

 

 

Fonte OlharCidade