Mato Grosso, Domingo, 26 de Setembro de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
EMPRESÁRIO

Empresário confessa propina de R$ 500 mil a ex-secretário para campanha de Silval

Marcia Jordan

01/11/2016 às 09:15

Empresário confessa propina de R$ 500 mil a ex-secretário para campanha de Silval

654b921f8223e36044796420904664e2O empresário Julio Minori Tsujii, proprietário da Web Tech Softwares e Serviços Ltda, contou em seu depoimento na Delegacia Fazendária (Defaz) que além de propinas para os ex-secretários de Administração, Cesar Zílio e Pedro Elias, também teve que pagar R$ 500 mil ao ex-secretário Éder Moraes Dias. O empresário se transformou em colaborador premiado na “Operação Sodoma”.

De acordo com o depoimento feito em março deste ano, dinheiro foi exigido por Eder como forma de uma “ajuda financeira” para a campanha eleitoral do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) a reeleição em 2010. A exigência foi feita para manter o contrato que a empresa possuía com o Governo do Estado.

O dinheiro era entregue para pessoas indicadas por Eder Moraes, segundo Tsujii. Ele manteve contrato com o Governo do Estado de 2015 até o início do mandato do governador Pedro Taques (PSDB).

Sua empresa prestava serviço de informática na área de recursos humanos e previdenciário. Éder Moraes já foi preso por cinco vezes durante a “Operação Ararath”, da Polícia Federal, e que investiga um esquema bilionário de lavagem de dinheiro público através de factorings clandestinas.

 

 

 

Fonte Folhamax