Mato Grosso, Domingo, 25 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
RETOTALIZAÇÃO

Retotalização de votos deve alterar eleitos para a Câmara de Vereadores de Sorriso

Marcia Jordan

05/11/2016 às 10:11

Retotalização de votos deve alterar eleitos para a Câmara de Vereadores de Sorriso

camara sorriso concursoA Justiça Eleitoral irá fazer a retotalização dos votos dos candidatos a vereador que disputaram as eleições municipais deste ano em Sorriso. O motivo foi o indeferimento da candidatura de Wanderley Paulo da Silva (PP). Além disso, outros processos estão sendo aguardados e, por isso, ainda é incerto saber como se manterá a composição do Legislativo.

Conforme a 36ª zona eleitoral explicou, somente após a retotalização é que os votos de Wanderley Silva, por exemplo, serão validados. A composição da Câmara ainda dependerá dos demais processos em análise.

Uma das possibilidades é que o então candidato Maurício Pereira Gomes, que tratou da validação dos votos de Wanderley Paulo (da mesma coligação), assuma uma das 11 cadeiras do Legislativo.

Em entrevista, Maurício do Rota do Sol, como é mais conhecido, está confiante de que atuará como vereador. “O Wanderley desistiu dos votos e eu me senti prejudicado. Por isso, entrei com pedido de revisão dos votos e saiu hoje o julgamento da ação. Meu advogado fará o pedido de retotalização dos votos. A justiça foi feita e eu tive como reverter isso. Pode ter certeza que eu vou pensar para Sorriso crescer, vou ser parceiro do meu grupo político e visar o desenvolvimento e o que for bom para que Sorriso, para que a cidade cresça”.

O registro de candidatura de Wanderley foi indeferido ainda antes das eleições municipais. O então candidato protocolou a desistência dos votos, mas uma decisão entendeu que a não computação feriria os interesses de Maurício Gomes.

Conforme a 36ª Zona Eleitoral, além de não ser confirmada a entrada de Maurício no Legislativo de Sorriso, não há como precisar se o vereador Cláudio de Oliveira (PR) perderá a vaga por conta dos demais julgamentos que restam ser analisados.

 

 

Fonte Portal Sorriso