Mato Grosso, Segunda-Feira, 26 de Julho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
GOLPE

Golpe de estelionato em fazendas pode passar de R$ 5 milhões na região de Alta Floresta

Marcia Jordan

08/11/2016 às 08:18

Golpe de estelionato em fazendas pode passar de R$ 5 milhões na região de Alta Floresta

arquivos_853_conteudo_posts_484507_jpg_350_350_1_0__Um caso tratado como estelionato começa a ser divulgado por várias vítimas em Alta Floresta e região norte do estado, todos alegam ter firmado negócios com um suposto pecuarista que em cerca de trinta dias pode ter aplicado um golpe que passa dos R$ 5 milhões de reais.

As primeiras informações começaram a ser divulgadas no final de semana, todas as vítimas relatando que realizaram negócios com uma pessoa que teria adquirido uma fazenda em Nova Monte Verde. Entre as transações estão: venda de gado, venda de uma fazenda avaliada em aproximadamente R$ 3 milhões, transporte de gado, joias e outros negócios que ainda podem aparecer.

A reportagem conversou com uma das vítimas na tarde de ontem, segunda (07), segundo ele, o golpista adquiriu os bens com cheques pré-datados, mas quando foram para a compensação, a conta não possuía saldo suficiente e aos poucos vários cheques do golpista começaram a retornar, sem fundos. Um grupo em whatsapp foi criado pelas vítimas do suposto golpista, nele há relatos de pessoas que levaram prejuízos de R$ 500 mil, R$ 600 mil e até de milhões como é o caso da fazenda.

O suspeito de aplicar os golpes tinha um ajudante, os dois adquiriam o gado e rapidamente vendiam para frigoríficos. Uma questão que chamou a atenção foi o fato do mesmo ter em seu nome o registro junto a um órgão oficial cerca de 5 mil cabeças de gado. “Eu mesmo consultei lá, na ficha ele tinha 5 mil cabeças de gado, agora como não sei, a única coisa que tenho conhecimento é que várias pessoas caíram no golpe desse cara e não foi só aqui, o prejuízo passa fácil dos R$ 5 milhões”, disse.

A vítima que preferiu não ser identificada, relatou que o suspeito veio para a região em um carro locado em São Paulo a conta bancária também é do estado paulista. “Ouvi dizer que ele é de Minas, mas a conta é de Araraquara”, pontuou a vítima. Algumas vítimas foram à fazenda que o suspeito adquiriu em Nova Monte Verde, na esperança de encontra-lo e receber pelo o que venderam, mas no local, encontraram a fazenda abandonada e com apenas algumas cabeças de gado soltas no pasto.

Desde que os cheques começaram a “voltar”, nenhuma das vítimas conseguiu contato com o suspeito e seu ajudante. Outras regiões Há relatos que o suspeito de cometer o estelionato também aplicou o golpe em outras cidades do estado, um produtor de Primavera do Leste vendeu gado P.O. e teria contabilizado um prejuízo de R$ 360 mil. “Cada cabeça que valia em média R$ 15 mil ele (estelionatário) vendeu por R$ 3 mil no frigorifico, o homem lá de Primavera também está atrás desse cara” disse a vítima.

Transportadoras de gado também estão entre as vítimas, um dos empresários do setor relatou que fez transporte de várias regiões do estado para levar gado para a fazenda em Nova Monte Verde. Nossa reportagem apurou que apesar do caso ser possivelmente um dos maiores golpes aplicados na região, ainda não foi registrado na polícia.

Uma foto de um dos envolvidos está sendo divulgada, mas como não houve a apresentação de nenhum boletim de ocorrências sobre o fato, nossa reportagem irá aguardar um posicionamento oficial para divulgar o nome do suspeito e também a sua imagem.

 

 

Fonte Clay Jr