Mato Grosso, Segunda-Feira, 21 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
CLAUDIO

Claudio de Souza “Maníaco da lanterna” é condenado por latrocínio em Alta Floresta

Marcia Jordan

26/10/2016 às 10:49

Claudio de Souza “Maníaco da lanterna” é condenado por latrocínio em Alta Floresta

Em novo julgamento, desta vez pelo crime de latrocínio de um vigia, Claudio de Souza de 46 anos, o “Maníaco da Lanterna”, foi condenado a mais 27 anos de prisão.

O “Maníaco da Lanterna” ficou conhecido por crimes cometidos em Alta Floresta, pesa contra ele 11 homicídios, e também acusação de estupro. Claudio de Souza foi preso em 2005, fugiu da prisão e foi recapturado um tempo depois, e permanece preso no presídio Osvaldo Florentino Leite, o “Ferrugem”, em Sinop, julgado por alguns de seus crimes, Claudio já acumula mais de 80 anos de reclusão.

O réu foi condenado a mais 27 anos de prisão pelo latrocínio cometido em 08 de dezembro de 2001, contra a vida de Armandio da Silveira, guarda noturno de uma madeireira na vicinal 2ª Leste, em Alta Floresta. Na ocasião, a vítima foi atingida com golpes de madeira na cabeça e teve uma arma de fogo levada, um revolver calibre 38 que foi encontrado em posse do assassino.

Em agosto deste ano a defesa entrou com um pedido de revogação da prisão em regime fechado, para tratamento médico, solicitação que não foi atendida. Sobre o novo julgamento, ainda cabe recurso.

 

 

Fonte Eliza Gund