Mato Grosso, Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ENCONTRADA

Encontrada morta universitária que estava desaparecida há cinco dias

Marcia Jordan

03/06/2014 às 10:10

Encontrada morta universitária que estava desaparecida há cinco dias

A Polícia Militar de Tangará da Serra localizou, nesta segunda-feira, em uma área de mata na zona rural, o corpo da universitária Bárbara Suzan Ferreira, de 18 anos, que estava desaparecida desde o último dia 28.

A PM chegou até ao local depois de receber ligações anônimas, informando onde estava o corpo. Os policiais foram até ao local duas vezes, pois na primeira tentativa não encontraram nada. O corpo estava nu e em estado de decomposição. Havia sinais de ferimentos na cabeça. Perto estava a mochila da vítima, com cadernos e provas da faculdade em nome de Bárbara. A polícia acredita que ela tenha sido estuprada antes de ser morta.

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) fez o levantamento da ocorrência no local para posterior elaboração de laudo. O corpo da estudante foi levado para exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) e liberado para ser enterrado.

Conforme os relatos da mãe da jovem, Marli Ferreira, na quarta-feira a filha Bárbara havia saído da faculdade e retornava para casa, por volta das 22h30. Contudo, não chegou a casa e então Marli começou a ligar para o telefone celular da filha, mas as ligações acusavam que o aparelho estava desligado.

A mãe da universitária então começou a entrar em contato com os amigos da jovem, para saber se eles tinham conhecimento do paradeiro dela. Mas ninguém tinha alguma informação, causando desespero em Marli.

Um fato que será investigado pela Polícia Civil é a informação de que Bárbara saiu da faculdade acompanha de um colega. Segundo a mãe da jovem, ao deixar a instituição superior na quarta-feira à noite, ela teria avisado que estava indo para o ponto para pegar um ônibus junto com um amigo.

Olhar Direto