Mato Grosso, Quarta-Feira, 23 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
E

E os comícios?

Marcia Jordan

21/09/2016 às 17:05

E os comícios?

As eleições de 2016 estão chatas, sem graça e sem atrativos. Os candidatos querem mudar o eleitor, impor a nós novos hábitos. Nós eleitores não mudaremos, pois os candidatos e sua forma de fazer política também não mudou.

Por onde passo, eleitores me perguntam, quando terá comício? Os candidatos insistem em dizer que a forma de fazer política mudou, que agora o eleitor é outro e não quer mais comícios com promessas e falas vazias!

O eleitor está mudando, mudando a sua maneira de pensar, mas seus hábitos ainda não. O eleitor ainda assiste programas eleitorais, debates, quer olhar “olho no olho” dos candidatos e também quer o velho e bom comício em seu bairro.

Embora muitos eleitores não saiam de suas casas, ainda ouvem a fala dos candidatos e analisam o movimento, as propostas e, acima de tudo, a postura do candidato no palanque.

O candidato esqueceu de dizer que quem não quer comício é ele. Eles querem virtualizar o processo eleitoral e ainda achavam que o facebook e whatsapp iriam definir as eleições, que engano gigante!

Em grandes países, o bom e velho comício acontece, desta forma os candidatos que se deram ao trabalho de mobilizar bairros inteiros para pequenos comícios, penso eu que saem ganhando. A reunião nas casas são boas, mas estão muito mais cheias de cabos eleitorais e apoiadores. O comício é para aquele que não decidiu seu voto, que não quer um vínculo maior como um pôster do candidato na sua casa, um adesivo no seu carro ou uma praguinha no peito, esse eleitor quer ouvir de longe o que o candidato tem a lhe dizer.

Os candidatos, na sua arrogância, juntamente com seus marqueteiros de milhões querem mudar o eleitor, mas eles não mudaram, apenas querem trabalhar menos, fazer uma campanha mais fácil e menos arriscada.
Sou saudosista, gosto do bom e velho comício, mas comício é para candidatos que tenham conteúdo, boa fala e coragem de olhar para o povo que está de pé na rua. E não será qualquer fala que o convencerá. Acho que o problema não está no comício mas sim na falta de candidatos preparados para o enfrentamento verdadeiro com o povo!