Mato Grosso, Sábado, 16 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ESTADO

Estado fará simplificação dos impostos

Marcia Jordan

22/03/2016 às 15:03

Estado fará simplificação dos impostos

O governador Pedro Taques participou nesta segunda-feira do Encontro da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD) e filiadas, realizado em Cuiabá, e garantiu um Estado menos “atrapalhador” para o setor. Durante o evento, empresários de todo país puderam conhecer as potencialidades e riquezas de Mato Grosso, além de trocar e experiências e debater melhorias para a infraestrutura.

Taques apresentou uma série de dados a respeito da produção do Estado e mostrou um cenário positivo para a categoria, mesmo em meio a crise econômica do país. “Estamos em uma terra de oportunidades, significa que este evento para o Estado é muito importante, pois é mais uma grande oportunidade. Agora, nós temos que superar alguns desafios”.

O governador afirmou que a administração tem trabalhado para melhorar o ambiente negocial do Estado desde o primeiro dia da gestão. Entre as diversas medidas tomadas pelo Executivo está a contratação da Fundação Getúlio Vargas (FGV), com auxílio do setor produtivo, para criar um novo sistema tributário estadual e simplificar os impostos. “O ICMS por natureza é um imposto complexo, mas em Mato Grosso é pior ainda em razão do cipoal, o emaranhado de leis e decretos que dificulta o comerciante ganhar dinheiro”.

O secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Valdiney Arruda, afirmou que esta é a segunda vez que este encontro ocorre, sendo a primeira no Estado, e faz parte de um conjunto de estratégias para divulgar e apresentar Mato Grosso. “São muitos investidores que olham para o Estado de uma maneira diferente. Isto ganhou ainda mais força neste momento de crise, por ver todas as inovações que o Governo tem realizado para Mato Grosso”.

O evento, realizado com o apoio Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad) e do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado de Mato Grosso (Sincad), contou com a presença de 80 representantes de 27 associações brasileiras.

O presidente da Amad, João Carlos Sborchia, explicou que o setor registrou um faturamento anual de R$ 210 bilhões em 2014, dobrando seu crescimento nos últimos 10 anos, empregando mais de 353 mil pessoas neste mesmo ano em Mato Grosso. “Dentre outros objetivos, nós temos que vender o nosso Estado. Nesse grande momento de dificuldade nós discutimos a crise econômica, a crise política e as possíveis saídas”.

Conforme o presidente da Abad, José Frota Lopes Filho, Mato Grosso é um estado com muito potencial a ser explorado e a curta estadia na região se mostrou muito proveitosa. “Desde que nós chegamos aqui foram momentos de muita surpresa e muita superação. Vimos de perto o calor humano e a dedicação de Mato Grosso. É um Estado de muitas oportunidades e com certeza vamos levar isso para as outras regiões”.

No último sábado, os representantes do setor desembarcaram no Estado e visitaram alguns dos principais pontos turísticos do Vale do Rio Cuiabá. O evento foi encerrado no Hotel Grand Odara e após palestras e debates sobre situação econômica brasileira e os riscos ao setor, a categoria redigiu uma carta de intenções, que apresenta propostas para que o país volte a crescer.

 

 

 

Fonte Folhamax